Thresholds in Literature and the Arts International Conference - Colóquio Internacional Limiares na Literatura e nas Artes

Thresholds in Literature and the Arts International Conference - Colóquio Internacional Limiares na Literatura e nas Artes

06 junho 2018 09:00 - 08 junho 2018 19:00

cartaz thresholdsDurante o último século, o conceito de “liminaridade” foi merecendo uma atenção cada vez mais acentuada em diversas áreas, da psicologia à antropologia, da filosofia aos estudos literários e culturais. No entanto, o estado que esta palavra define é muito anterior à existência da própria palavra. Basta pensar nos mitos, nos heróis e nos deuses associados à catábase, bem como noutras formas de passagem na cultura da Antiguidade greco-latina, para ter uma ideia do enraizamento histórico deste conceito.

Etimologicamente, o termo deriva da palavra latina limen – “limiar” –, que partilha a mesma raiz presente na palavra limes – “limite”, “margem”, “fronteira”. Se, por um lado, a semelhança quase idêntica da grafia apresenta a ideia comum de algo (uma pedra ou um pedaço de madeira) que é colocado transversalmente para assinalar o fim e/ou o início de um local, por outro lado, a ligeira diferença ortográfica espelha as suas diferenças funcionais e ontológicas. Na verdade, se o limen assinala o limite de um edifício ou de um aposento, a sua relação com o acto de “passagem” é claramente antitético ao do limes. Como define Mircea Eliade (The Sacred and the Profane, Harcourt, 1987, p. 25), o limiar é o lugar paradoxal que liga os mesmos dois espaços que separa: sob regras e rituais precisos, o limiar permite a passagem e quase que a exige. A função do limes, pelo contrário, é a de assegurar a impermeabilidade dos dois espaços.

O objetivo da presente conferência internacional é estimular a reflexão sobre este terceiro espaço, literalmente ambíguo, que desafia toda a lógica binária dentro/fora (bem como acima/abaixo, antes/depois, etc.). Dada a vasta extensão do tema, este primeiro encontro, que será seguido, assim se espera, por outros de maior alcance, incidirá nas manifestações multifacetadas do “limiar” na literatura e nas artes.

Línguas oficiais: Inglês, Francês, Português

Comissão Científica e Comissão Organizadora:
Bruno Henriques
Camila Seixas e Sousa
Fernanda Mota Alves
Inês Robalo
Jacopo Masi
José Pedro Serra
Luísa Afonso Soares
Patrícia Lourenço
Rui Carlos Fonseca

Parta mais informações, consulte o website

Organização: Centro de Estudos Comparatistas e Centro de Estudos Clássicos





Formulário para divulgação de iniciativas da FLUL

Aqui encontra o formulário para envio de informação sobre iniciativas de âmbito científico, académico e cultural, para divulgação na Agenda da FLUL.
Solicita-se o envio deste formulário, devidamente preenchido, com a antecedência mínima de uma semana relativamente ao início da atividade.
Email: comunicacao@letras.ulisboa.pt
Nucleo de Relações Externas, FLUL