Candidaturas para Estudantes Internacionais

icon-licenciaturas

Estudante Internacional
Candidaturas abertas 2ª fase: 15 de abril a 30 de junho 2017

Edital

 

Este concurso decorre ao abrigo do Decreto-Lei nº 36/2014, de 10 de Março, que aprovou o Estatuto do Estudante Internacional (EEI) e do Despacho n.º 8175-B/2014, de 23 de Junho, que aprovou o Regulamento de Ingresso e Acesso para Estudantes Internacionais da Universidade de Lisboa, republicado pelo Despacho n.º 8295/2015, de 29 de Julho.

Estatuto do Estudante Internacional »

Regulamento de Ingresso e Acesso para Estudantes Internacionais da Universidade de Lisboa »

 

Condições de acesso para estudantes internacionais:

Podem candidatar-se à matrícula e inscrição no 1.º ciclo de estudos de licenciatura da FLUL:

a) Estudantes que não tenham nacionalidade portuguesa nem de outro país da União Europeia, que não residam legalmente em Portugal há mais de 2 anos, e que pretendam ingressar num curso de 1º ciclo da FLUL;

b) Os titulares de uma qualificação que, no país em que foi obtida, lhes confira o direito de candidatura e ingresso no ensino superior desse país. (A validação da titularidade referida na alínea deve ser feita pela entidade competente do país em que a qualificação foi obtida);

c) Os titulares de um diploma do ensino secundário português ou da habilitação legalmente equivalente, definida pela Portaria n.º 224/2006, de 8 de Março, e pela Portaria n.º 699/2006, de 12 de Julho.


Condições de ingresso:

Para ingressar num curso de licenciatura da FLUL através do presente concurso, os estudantes internacionais devem demonstrar, cumulativamente:

a) Terem qualificação académica nas áreas do saber requeridas para o ciclo de estudos a que se candidatam, nos termos definidos do art.º 4º do Despacho n.º 8295-B/2015 de 29 de Julho;

b) Terem um nível de conhecimento da língua portuguesa B2 de acordo com o Quadro Europeu Comum de Referência para Línguas

i) Os candidatos internacionais que possuam apenas o nível B1 ou um DEPLE (Diploma Elementar de Língua Estrangeira) podem candidatar-se desde que se comprometam a frequentar um curso anual de língua e cultura portuguesa, ou;

ii) Submeter-se a uma prova de língua e cultura portuguesa a realizar na FLUL; (primeira fase: primeira semana de abril; segunda fase: última semana de junho)

São aceites as candidaturas de estudantes brasileiros que fizeram o ENEM nos 3 anos anteriores à candidatura (2016, 2015 ou 2014) e que tenham diploma de Ensino Médio.

São igualmente aceites as candidaturas de estudantes chineses que tenham concluído o ensino secundário que feito o Gaokao ou Liankao nos 3 anos anteriores à candidatura (2016, 2015 ou 2014).

O processo de candidatura decorre exclusivamente on-line.

 

Cursos de Licenciatura (1º Ciclo)
icon-licenciatura-arquelogiaArqueologia
icon-licenciatura-estudos-africanosEstudos Africanos
icon-licenciatura-estudos-asiaticosEstudos Asiáticos
icon-licenciatura-estudos-europeusEstudos Europeus
icon-licenciatura-historiaHistória
icon-licenciatura-historia-arteHistória da Arte
icon-licenciatura-ciencias-culturaEstudos de Cultura e Comunicação
icon-licenciatura-estudos-artisticos-comparadasEstudos Comparatistas
icon-licenciatura-estudos-artisticosEstudos Artísticos - Artes do Espetáculo
icon-licenciatura-estudos-classicosEstudos Clássicos
icon-licenciatura-estudos-portuguesesEstudos Portugueses
icon-licenciatura-llcLínguas, Literaturas e Culturas
icon-licenciatura-filosofiaFilosofia
icon-licenciatura-ciencias-linguagemCiências da Linguagem
icon-licenciatura-traducaoTradução
icon-licenciatura-artes-humanidadesArtes e Humanidades
icon-licenciatura-estudos-geraisEstudos Gerais
* O número de vagas é definido anualmente, existindo pelo menos 1 vaga para cada
um dos cursos de licenciatura.
 
 
Critérios de Seriação:
A seriação dos candidatos será realizada tendo em conta a média obtida a partir de:
 

1. 50% da média no 12.º ano de escolaridade ou equivalente no país de proveniência;

2. 50% da média das classificações obtidas nas provas específicas exigidas para acesso ao curso que o(a) candidato(a) tenciona frequentar (arredondada às décimas) ou nas provas equivalentes realizadas no país de proveniência;

A classificação mínima de candidatura para cada ciclo de estudos é de 100, na escala de aprovação de 100 a 200.

 

Documentos a apresentar:

a) Fotocópia simples do Passaporte ou do Bilhete de Identidade estrangeiro;

b) Declaração, sob compromisso de honra de que o candidato não tem nacionalidade portuguesa nem está abrangido por nenhuma das condições especiais que, de acordo com o Estatuto do Estudante Internacional, não lhe confiram a condição de Estudante Internacional;

c) Diploma de ensino secundário ou equivalente, ou, se a qualificação académica não corresponder ao ensino secundário português, documento comprovativo de que ela faculta, no país em que foi obtida, o acesso ao ensino superior, devidamente validado pela entidade competente desse país, indicando qual a escala de classificação em que é expressa;

d) Documento comprovativo da aprovação nas provas de ingresso definidas para o ciclo de estudos a que se candidata (as provas de ingresso devem ter sido realizadas até 3 anos civis anteriores ao da candidatura), ou;

e) Apresentar documentação que permita comprovar que, na sua formação escolar, obteve aprovação nas componentes curriculares que integram os conhecimentos abrangidas pelas provas de ingresso definidas.

f) Diploma Elementar de Português Língua Estrangeira ou Diploma Intermédio de Português Língua Estrangeira.

 

Observações: Os documentos referidos nas alíneas c), d), e) e f) devem ser autenticados pelo Consulado Português no País de origem ou pela Convenção de Haia, traduzidos por tradutor ajuramentado e reconhecidos pela representação diplomática ou consular portuguesa.

Os Candidatos Brasileiros, depois de admitidos, devem reconhecer os seus documentos junto de um cartório (no Brasil) para que seja colocado a Apostilha de Haia, consultar informação a este respeito aqui.

 

Calendário de Candidaturas para o ano letivo de 2017/2018

As candidaturas encontram-se abertas em permanência desde 20 de março a 20 de outubro de 2017, existindo três fases para apreciação:

 

Primeira fase

Início das candidaturas - 20 de março

Fim das candidaturas - 14 de abril

Afixação dos resultados de seleção - 1 a 5 de maio

Matrícula - 2 a 19 de maio

 

Segunda fase

Início das candidaturas - 15 de abril

Fim das candidaturas - 30 de junho

Afixação dos resultados de seleção - 10 a 14 de julho

Matrícula - 13 a 29 de julho

 

Terceira fase

Início das candidaturas - 1 de julho

Fim das candidaturas - 20 de outubro

Afixação dos resultados de seleção e matrícula - até 31 de outubro

 

Para os cursos que, após a segunda fase, não preencham o número de vagas considera-se que se mantem aberto em permanência um período de candidaturas, até 20 de outubro de 2017, sendo as candidaturas apreciadas por ordem de entrada. Todos os processo de seleção e matrícula deverão estar concluídos até 31 de outubro de 2017.

 

Propinas e emolumentos:

Taxa de candidatura: 60,00€

Taxa de inscrição (inclui seguro escolar): 20,00€

Propina: 4.000,00€ (30% pagos no ato da inscrição).

Pagamentos Internacionais

Caso necessite de efetuar uma transferência bancária internacional, deverá utilizar os seguintes dados bancários:

·         IBAN: PT50 0035 0824 00005100330 69

·         BIC/SWIFT CODE: CGDIPTPL

Deverá enviar o comprovativo de transferência juntamente com o número de candidato para os endereços de correio electrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. e Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Indeferimento Liminar

Serão liminarmente indeferidos os pedidos dos estudantes que, reunindo as condições necessárias à candidatura por um dos regimes referidos, se encontrem numa das seguintes condições:

a.    Pedidos referentes a cursos e regimes em que o número de vagas fixado tenha sido zero;

b.    Pedidos realizados fora dos prazos indicados;

c.    Pedidos não acompanhados da documentação necessária à completa instrução do processo;

 

A candidatura online apenas se tornará válida (para seriação pelos serviços e posterior divulgação de resultados) após o pagamento da respetiva taxa de candidatura, sendo para o efeito disponibilizado uma referência multibanco ou a possibilidade de pagamento por transferência interbancária.

 

Este aviso não dispensa a leitura integral de:

Decreto-Lei n.º 36/2014, de 10 de março 

Despacho n.º 8175-B/2014, de 23 de junho

Declaração de Retificação n.º 686/2014, de 4 de julho.

 

Para mais informações: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

 

Candidaturas a Mestrados e Doutoramentos para estudantes internacionais

As candidaturas aos cursos de Mestrado e Doutoramento seguem os mesmos procedimentos e requisitos, independentemente da nacionalidade do candidato. Não existem procedimentos distintos nem vagas específicas ou propinas diferenciadas para alunos estrangeiros. 

Consulte:

 
 
Para mais informações: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 
 
 
Endereços com informação útil: Study in Portugal e Study in Lisbon