O PEN Clube Português revelou em comunicado, na passada quarta-feira, dia 1 de novembro, os vencedores dos Prémios literários PEN Clube Português relativos a obras publicadas em 2016.

Ernesto Rodrigues, ficcionista, professor da Faculdade de Letras da ULisboa (FLUL) e diretor do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da FLUL (CLEPUL), e Fernando Pinto do Amaral, poeta, antigo aluno e professor da Faculdade de Letras (a desempenhar, atualmente, funções no Ministério da Cultura), foram distinguidos com Prémios do PEN Clube Português pelas obras Uma bondade perfeita (Gradiva) e Manual de Cardiologia (D. Quixote), respetivamente.

Na modalidade de Ensaio, Rui Miguel Mesquita foi premiado pela obra A Situação e a Substância: cinco ensaios sobre a ficção de Virginia Woolf e de Maria Velho da Costa (Afrontamento).

Os prémios do PEN Clube Português têm o apoio da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas e são atribuídos em três categorias – poesia, ensaio e ficção – destinando-se a premiar as melhores obras publicadas, em 1.ª edição e em língua portuguesa, no ano anterior.

A sessão de entrega de prémios terá lugar no próximo dia 21 de novembro, na Sociedade Portuguesa de Autores, em Lisboa.

 

Fonte: jornal Expresso