Resultados eleitorais: órgãos de governo da Faculdade de Letras 2017-2019

As eleições para os órgãos de governo da Faculdade de Letras para o próximo biénio, 2017-2019, tiveram lugar no passado dia 29 de novembro.

Após escrutínio do ato eleitoral, que teve lugar entre as 9h e as 20 horas, na FLUL, foram apuradas as constituições do Conselho de Escola, do Conselho Científico e do Conselho Pedagógico da Faculdade.

No que diz respeito aos resultados apurados para o Conselho de Escola, quanto ao pessoal docente e investigador, votaram 172 eleitores (de um colégio eleitoral de 274), tendo a lista A, liderada por Teresa Malafaia, apurado 49 votos, e três mandatos, e a lista L, encabeçada por Amílcar Guerra, 116 votos e nove mandatos. Relativamente à representação do pessoal não docente e não investigador (funcionários técnicos e administrativos), correspondente a um mandato neste órgão, a lista A, encabeçada por Diogo Vieira, reuniu 51 votos, tendo votado 55 eleitores (de um colégio eleitoral de 83 eleitores). Ainda para o Conselho de Escola, a lista M, de representantes dos estudantes da FLUL, e encabeçada por Sara Gonçalves, viu apurados 87 votos, tendo participado no ato eleitoral 126 eleitores (de um total de 4.287 alunos). O Conselho de Escola é constituído por 12 docentes e investigadores, dois estudantes e um representante do pessoal não docente e não investigador. Veja a composição deste órgão e mandatos apurados, aqui.

Para o Conselho Científico da FLUL apuraram-se 41 votos para a lista A, liderada por Fernanda Mota Alves, e 86 votos para a lista L, encabeçada por Paulo Farmhouse Alberto. Veja a composição deste órgão e respetivos mandatos, aqui.

Quanto ao Conselho Pedagógico, e à representação do pessoal docente e investigador, para a área de Literaturas, Artes e Culturas (L.A.C.) foram apurados 28 votos para a lista A, encabeçada por Luís Cerqueira, e 33 votos para a lista L, encabeçada por Sofia Frade. No que se refere à área de Ciências da Linguagem, a lista L contabilizou 26 votos, sendo encabeçada por Esperança Cardeira. No âmbito da área de Filosofia, foram apurados oito votos para a lista L, lista encabeçada por Adriana Graça. Por último, quanto à área de História, a lista A obteve cinco votos e a lista L 31 votos, listas encabeçadas por Ana Maria Rodrigues e Sérgio Campos Matos, respetivamente.

Ainda relativamente ao Conselho Pedagógico, no que diz respeito os representantes dos estudantes, na área de L.A.C., a lista C obteve 72 votos e a lista M 33 votos, tendo sido encabeçadas por Raquel Coelho e Vítor Dutta Gomes, respetivamente. Na área de Ciências da Linguagem, a lista C, encabeçada por Valéria João, viu apurados 29 votos e a lista M, liderada por Sara Gonçalves, 11 votos. Para a área de Filosofia, a lista C, encabeçada por Raoul Marian, obteve nove votos e a lista M, encabeçada por Bruno Simões Pereira, sete votos. Na área de História, a lista C, encabeçada por João Pedro de Sousa, viu apurados 53 votos, tendo a lista M, encabeçada por Bernardo Leão, reunido 36 votos. Veja a composição deste órgão e mandatos apurados, aqui.

O processo eleitoral teve início em outubro passado. Consulte, aqui, a composição das várias listas apresentadas, o calendário eleitoral, bem como outras informações. 

>>Ata da Comissão Eleitoral - Apuramento dos Resultados Eleitorais para os Órgãos de Governo da Faculdade de Letras da ULisboa (2017-2019)