Inauguração do Centro de Iranologia da Faculdade de Letras

inaug centroiranologia 14mai2018O Centro de Iranologia da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL) foi inaugurado no passado dia 14 de maio, em sessão pública decorrida na Sala D. Pedro V da FLUL, e na qual estiveram presentes sua Excelência o Embaixador da República República Islâmica do Irão, Senhor Seyed Hossein Mirfakhar, o Diretor da FLUL, Professor Doutor Miguel Tamen, a Diretora do Centro de Iranologia, Dra. Sépideh Radfar, e o Professor Catedrático aposentado da FLUL, António Dias Farinha, especialista em Estudos Árabes e Islâmicos, bem como convidados da ciência e da cultura, de Portugal e do Irão.

A criação deste Centro dedicado aos estudos iranianos decorre do memorando de entendimento assinado pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e pela Fundação para a Iranologia da República Islâmica do Irão, em julho de 2017. O novo centro da FLUL pretende constituir-se como referência no âmbito da Iranologia na ULisboa, e no país, disponibilizando informação de referência sobre o Irão, e permitirá, segundo o memorando de entendimento, a realização de várias actividades académicas, culturais e científicas no âmbito dos “laços históricos e [d]os pontos culturais em comum [entre os dois países] (...) e [d]o interesse mútuo no desenvolvimento da compreensão intercultural”. O intercâmbio de estudantes e docentes, o apoio à investigação sobre temáticas relacionadas com a cultura e a história do Irão e a realização de cursos de língua persa são algumas das ações futuras desta nova unidade da FLUL.

Na sessão inaugural, o Diretor da FLUL, Professor Doutor Miguel Tamen, saudou a criação do Centro de Iranologia e o apoio do Irão a esta iniciativa. O Embaixador iraniano congratulou a Faculdade de Letras e manifestou, também, a sua satisfação pela fundação deste Centro, especialmente, no âmbito do aumento das relações de cooperação e da amizade entre os dois países, tendo afirmado que ““o aprofundamento das relações Portugal/ Irão também depende do conhecimento mútuo”. Referindo-se ao público externo à Universidade, o Embaixador do Irão expressou, ainda, o seu desejo de que este Centro esteja aberto a todos os interessados no conhecimento da história e cultura do seu país.

A cultura e a história persas têm sido, aliás, objeto de investigação na Faculdade de Letras desde há vários anos, sendo de sublinhar o contributo do Professor Doutor António Dias Farinha, Diretor do Instituto de Estudos Árabes Islâmicos (área de História da FLUL) no desenvolvimento destes estudos. O convite dirigido à Dra. Sépideh Radfar, em 2001, visando a implementação de estudos persas na Universidade de Lisboa, levou à criação do primeiro Curso de Língua e Cultura Persa da FLUL e da Universidade, em 2002.

A Dra. Sépideh Radfar, leitora da FLUL, irá dirigir este novo centro em estreita colaboração com a Fundação para a Iranologia, tendo salientado, na sessão de inauguração, que este será “um centro muito ambicioso”, sublinhado a sua vertente transdisciplinar e o trabalho conjunto já iniciado no âmbito do ensino da língua persa, sobretudo com as áreas de Estudos Asiáticos, de História e de Filosofia, entre outras. Sobre a ampla vocação do Centro, a nova Diretora destacou, ainda, o apoio a projetos de tradução Persa-Português e de Português-Persa, a atribuição de bolsas de estudo na área da Iranologia, tendo, também, anunciado a publicação, em breve, de uma antologia de Literatura Persa.

O Centro de Iranologia FLUL localiza-se no primeiro andar do edifício principal da Faculdade de Letras, estando previsto o lançamento, em breve, de um website dedicado a esta nova unidade.

Texto: Marisa Costa, FLUL-DRE, Núcleo de Imagem, Comunicação e Relações Externas

Falecimento do Professor Raúl Miguel Rosado Fernandes (1934-2018)

É com grande pesar que a Direcção da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa informa que o Professor Raúl Miguel Rosado Fernandes, Professor Catedrático Jubilado do Departamento de Filologia Clássica da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Investigador do Centro de Estudos Clássicos desta Faculdade, faleceu, a 13 de Maio de 2018.


Nesta hora de profunda consternação, prestamos homenagem a um colega, evocando o seu contributo para a afirmação da Faculdade de Letras e da Universidade de Lisboa.


Nascido a 11 de Julho de 1934, Raúl Miguel Rosado Fernandes licenciou-se em Filologia Clássica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, apresentando, para conclusão de licenciatura, a tese Anfitrião: Evolução e concepções de um mito na expressão literária, referente a uma comédia de Plauto, que foi publicada em 1956. Pouco depois, em 1962, conclui o doutoramento nesta mesma Faculdade, com uma dissertação intitulada O Tema das Graças na Poesia Clássica. Logo após a conclusão do doutoramento, inicia as funções de docente, primeiramente como Primeiro Assistente de Filologia Clássica, seguindo-se três anos passados nos Estados Unidos na condição de Visiting Professor, na City University of New York, regressando a Portugal poucos anos antes do 25 de Abril, época a seguir à qual teve papel preponderante nos destinos da agricultura portuguesa. O seu regresso à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa dá-se quase de imediato, ocupando, por concurso público, o lugar de Professor Extraordinário e, por último, o lugar de Professor Catedrático, desde 1974 até 2004, o ano da sua jubilação.


Dentro do panorama académico, para além das funções de docente, Rosado Fernandes foi também colaborador em inúmeras publicações, com destaque para a Revista da Faculdade de Letras de Lisboa, para a Euphrosyne – Revista de Filologia Clássica, para o Boletim de Filologia XXI, e para outras publicações periódicas pertencentes à Universidade de Lisboa, à Academia das Ciências de Lisboa (onde foi Académico Correspondente, desde 1997), à Universidade de Coimbra, entre outros. Foi ainda o 16º Reitor da Universidade de Lisboa, entre 1979 e 1982.


Conselheiro da Ordem do Infante D. Henrique e Académico Correspondente da Academia das Ciências de Lisboa desde 1997, para além da vida académica, Rosado Fernandes manteve ainda carreira política, sendo Deputado à Assembleia da República Portuguesa pelo CDS-PP e, entre 1995 e 1999, Deputado pelo CDS-PP ao Parlamento Europeu. Durante a sua actividade política, dedicou-se a várias questões de natureza agrícola, chegando a ser Presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal, tendo sido agraciado com a Grã-Cruz da Ordem Civil do Mérito Agrícola, Industrial e Comercial, a 4 de Maio de 2001. Para além desta distinção, Raul Miguel Rosado Fernandes foi ainda agraciado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique a 9 de Junho de 1997, sendo Conselheiro dessa mesma Ordem.


Autor de obra sobre filologia, retórica, literatura grega, latina e portuguesa, com dezenas de publicações, traduziu Tucídides, Aristóteles, Horácio e Heinrich Lausberg, tendo publicado as suas memórias em 2006.


Nesta data e em nome de todos os professores, investigadores e profissionais administrativos e técnicos da FLUL, a Direcção da Faculdade de Letras, onde deu aulas durante a maior parte da sua carreira, apresenta à família enlutada e amigos as suas sinceras condolências.


O corpo do Professor Raúl Miguel Rosado Fernandes está em câmara ardente na Basílica da Estrela, de onde sairá hoje, dia 14 de Maio, às 14:30h. A FLUL será representada nas cerimónias pela Professora Cristina Pimentel, Directora de Área de Literaturas, Artes e Culturas e Professora de Estudos Clássicos.

 

Consulta pública do projeto de revisão Regulamento Geral de Avaliação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Nos termos previstos no artigo 100.º n.º 3 alínea c) e para os efeitos do artigo 101.º do Código do Procedimento Administrativo (CPA), torna-se público para efeitos de consulta pública o projeto de revisão do Regulamento Geral de Avaliação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, aprovado pelo Conselho de Pedagógico em reunião de 8/12/2016 ao abrigo da competência própria prevista na alínea h) do n.º 1 do artigo 38.º dos Estatutos da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, publicados por Despacho n.º 13186-B/2013, Diário da República 2.ª série n.º 199, de 15 de outubro, procedendo-se, para o efeito, à sua publicação na 2.ª série do Diário da República e na Internet, no sítio institucional da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Os interessados devem dirigir, por escrito, as suas sugestões ao Conselho Pedagógico da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, para o seguinte endereço de correio eletrónico: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. no prazo de 30 dias úteis, a contar da data da publicação do projeto de regulamento na 2.ª série do Diário da República.

Bolsas de Estudo por Mérito a Estudantes do Ensino Superior 2013-2014

Relatório e lista definitiva dos 7 estudantes que foram seleccionados mediante a aplicação do Regulamento de Atribuição de Bolsas de Estudo por Mérito da Universidade de Lisboa, de 26 de Junho de 2009.

Estes estudantes estiveram inscritos em 2013-2014 (art.º 4.º e 5.º) e foram avaliados a todas as disciplinas do ano curricular completo em que se inscreveram e obtiveram as médias mais elevadas em relação a todos os estudantes inscritos em 2013-2014.

A distribuição de bolsas teve em consideração o número de estudantes inscritos por ciclos de estudos, tendo sido atribuídas 4 bolsas para o 1.º Ciclo e 3 bolsas para o 2.º Ciclo.

De acordo com o art.º 8.º do referido Regulamento esta lista foi divulgada a 18 de Dezembro de 2017 junto dos estudantes, tendo tido os interessados cinco dias úteis para reclamações.

Ver Relatório e Lista Definitiva da atribuição de Bolsas de Estudo por Mérito a Estudantes do Ensino Superior 2013-2014 »

Encontro da OSCE/ ODIHR realizado em Lisboa

img 0542A Cátedra de Estudos Sefarditas Alberto Benveniste da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, acolheu, nos dias 21 e 22 de Novembro, um encontro organizado pelo Gabinete das Instituições Democráticas e dos Direitos Humanos (ODIHR) da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE), que contou com a presença de 35 profissionais da educação dos países da OSCE. O encontro teve como objectivo debater soluções para os desafios enfrentados pelos professores quando abordam, nas suas aulas, temas como a intolerância, o preconceito, o anti-semitismo e outros assuntos relacionados.

Mais informações sobre o evento estão disponíveis na página oficial da organização, em http://www.osce.org/odihr/357936

10.º aniversário da adesão da Bulgária à União Europeia

No próximo dia 5 de dezembro a Faculdade de Letras associa-se à Embaixada da República da Bulgária para a celebração do 10.º Aniversário da Adesão da Bulgária à União Europeia.

O evento, presidido pelo Diretor da Faculdade de Letras, Professor Doutor Paulo Farmhouse Alberto e pelo Embaixador da República da Bulgária em Portugal, S. Exa. Vassily Tavev, contará com uma conferência, a decorrer na Sala de Actos da FLUL, pelas 17 horas, sobre o tema: A Bulgária e Portugal – Parceiros na Europa.

Na ocasião, será inaugurada uma exposição fotográfica no Átrio da Faculdade de Letras.

Ver Programa »