Mapa do Site    |    Pesquisa
| Erasmus Estudantes da FLUL/Outgoing Reconhecimento/Conversão

 

Reconhecimento Académico / Tabela Europeia de Conversão de Avaliação

 

O Sistema Europeu de Transferência de Créditos - ECTS (European Credit Transfer System)

O pleno reconhecimento académico é essencial para a mobilidade dos estudantes no âmbito do Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida - Erasmus, pois permite que o período de estudos no estrangeiro substitua um período de estudos comparável na Universidade de origem, embora o conteúdo do programa de estudos possa ser diferente - desde que devidamente acordado, antecipadamente, entre as partes.

O ECTS - Sistema Europeu de Transferência de Créditos (sigla do nome em inglês, European Credit Transfer System) é um instrumento cuja finalidade é criar transparência, estabelecer condições de aproximação entre Instituições do Ensino Superior e ampliar as opções propostas aos estudantes para o seu período de estudos no estrangeiro.

Os créditos ECTS representam, na forma de um valor (entre 1 e 60) atribuído a cada unidade de curso, o volume de trabalho do estudante, exprimindo unicamente a parcela que cada unidade de curso representa em relação ao volume total de trabalho necessário para concluir com êxito um ano de estudos completo: aulas, trabalhos práticos, seminários, trabalho individual e exames ou outras formas de avaliação.

Cada ano lectivo de qualquer plano de estudos corresponde a um total de 60 créditos ECTS, por isso: - 60 créditos ECTS representam o volume académico de 1 ano de estudos; - 30 créditos ECTS equivalem, regra geral, a 1 semestre.

Para que os créditos sejam atribuídos aos estudantes de mobilidade, estes terão de cumprir com a avaliação solicitada nessas disciplinas e obter o respectivo aproveitamento. Todos os planos de estudos da FLUL têm créditos ECTS atribuídos, cujo valor deve ser tido em consideração sempre que se procura uma disciplina equivalente na universidade de destino.

 

Concretizar o Plano de Estudos

• As disciplinas a realizar são escolhidas pelo estudante em colaboração com o Professor/Coordenador Erasmus na FLUL, responsável pela área de estudos ou pelo Acordo Bilateral com a universidade parceira onde o aluno foi colocado.

• Antes de partir, o aluno tem de definir e acordar o Plano de Estudos a realizar, sendo elaborado um Contrato de Estudos (Learning Agreement), que será assinado pelo estudante e pelos Coordenadores Erasmus, quer da Universidade de Origem, neste caso a FLUL, quer da Universidade de Acolhimento. Neste documento é descrito um Plano de Equivalências que identifica a disciplinas a realizar e as disciplinas na FLUL a que terá reconhecimento académico após o regresso.

• Este Contrato de Estudos poderá ser revisto mais tarde, nomeadamente após a chegada à Universidade de Acolhimento. O Contrato de Estudos (Learning Agreement) inicialmente enviado é, em muitos casos, apenas uma indicação das disciplinas que o aluno pretende frequentar: por razões várias (horários, alteração de programa, etc.) haverá sempre alterações a fazer depois da chegada à Universidade de acolhimento. A escolha definitiva de disciplinas tem de ser comunicada para aprovação pelo professor responsável pela mobilidade, impreterivelmente até 1 mês após a chegada do aluno à Universidade de acolhimento, contactando-o directamente por e-mail ou canalizando o pedido através da URECI ( Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar ). Esta escolha definitiva é formalizada em formulários próprios (pág. 2 do Learning agreement e a Ficha de Compromisso de Reconhecimento Académico), devidamente assinados pelo estudante e pelos coordenadores (na FLUL e na universidade anfitriã).

 

TABELA EUROPEIA DE CONVERSÃO UTILIZADA PELA FLUL

PARA OS ALUNOS QUE FREQUENTAM UM SEMESTRE OU UM ANO LECTIVO EM MOBILIDADE

Tabela aprovada pela Direcção da FLUL em 22/07/2009, com efeitos a partir do dia 14/09/2009. Esta tabela deverá ser seguida como referência para converter a avaliação dos alunos da FLUL que frequentaram um programa de mobilidade no ano lectivo correspondente. A sua leitura deverá ser feita dependendo do país, através da avaliação em ECTS que depois será convertida na avaliação a ser atribuída pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

CONSULTE AQUI A TABELA EUROPEIA DE CONVERSÃO UTILIZADA PELA FLUL