Programa em Teoria da Literatura

Antigos Professores

 

francoalexandre

 

António Franco Alexandre

Estudou na Université de Toulouse (L, 1966; D, 1969), Harvard University (M, 1971), e na Universidade de Lisboa (D, 1996).  Os seus interesses incluem a ética, a filosofia política e a estética.  Escreveu extensamente sobre a filosofia política de Hume e publicou numerosos livros de poesia; é um dos principais poetas portugueses contemporâneos.   Ensinou frequentemente no Programa entre 1998 e 2009.

 

alexandre

 

Manuel Alexandre, Jr.

Estudou na Universidade de Lisboa (L, 1974; D, 1986; A, 2000) e no Baptist Theological Seminar, Denver (M, 1964).  Foi director do  Seminário Teológico Baptista e é pastor da Igreja Evangélica Baptista da Amadora.  Os seus interesses incluem a retórica antiga, a literatura bíblica e Fílon de Alexandria, sobre quem escreveu extensamente (e.g. Argumentação e retórica em Fílon de Alexandria, 1990).  Entre os seus livros conta-se a tradução da Retórica de Aristóteles. Ensinou frequentemente no Programa entre 1994 e 2006.

 

fernandesrmr

 

R.M. Rosado Fernandes (1934-2018)

Estudou na Universidade de Lisboa (L, 1956; D, 1962).  Traduziu Tucídides, Aristóteles, Horácio e Heinrich Lausberg; publicou as suas memórias em 2006.  Foi Reitor da Universidade de Lisboa (1979-1982), deputado europeu (1995-1999), deputado (1999-2002), agricultor e campeão de remo.  Ensinou no Programa entre 1991, o nosso primeiro ano de funcionamento, e 1994.

 

ferraz

 

Maria de Lourdes A. Ferraz

Estudou na Universidade de Lisboa (L, 1968; D, 1982; A, 1993).   Os seus interesses incluem a poética, e as relações entre literacia e literatura.    É a autora de, entre outras obras,  A ironia romântica (1987) e a organizadora do Dicionário de Personagens da Novela Camiliana (2003).   Ensinou frequentemente no Programa entre 1991, o nosso primeiro ano de funcionamento, e 2000. 

 

justo
 
José Miranda Justo

Estudou na Universidade de Lisboa (L, 1975; D, 1990), onde se doutorou em história da Filosofia da Linguagem. Traduziu entre outros autores Hamann, Herder, Novalis, Kleist, Nietzsche, Kafka, Rilke e Kierkegaard.  Ensinou no Programa entre 1993 e 2015.

 

 

lourenco

 

Manuel S. Lourenço (1936-2009)

Estudou na Universidade de Lisboa (L, 1964; D, 1982; Agregação, 1998) e na Oxford University (M, 1969), onde estudou com Elizabeth Anscombe e Michael Dummett. Foi autor de, entre outros,  A espontaneidade da razão (1986) e Os degraus do Parnaso (1991), e o tradutor português do Tractatus Logico-Philosophicus e das  Investigações filosóficas de Ludwig Wittgenstein (1987);  escreveu vários livros de poesia e ficção, coligidos em O caminho dos Pisões (2009).  Ensinou frequentemente no Programa entre 1991, o nosso primeiro ano de funcionamento, e 2005

 

magalhaes

 

Joaquim Manuel Magalhães

Estudou na Universidade de Lisboa (L, 1969, D, 1979, A, 1988).   Publicou muitos livros de poesia e é um dos principais poetas contemporâneos.   Traduziu poesia espanhola, Dylan Thomas, Konstantinos Kavafis e Anna Akhmatova. Foi também crítico, colunista e ensaísta, tendo publicado nomeadamente livros sobre Dylan Thomas e poesia portuguesa contemporânea.  Ensinou frequentemente no Programa entre 1993 e 2012.

Antigos Alunos

Ana Almeida (PhD '12, pós-doutoranda 2012-2015) é a escritora Djaimilia Pereira de Almeida, autora de vários romances e ensaios.  Um romance seu foi publicado recentemente em inglês.  Recebeu o Prémio Oceanos em 2018.  A sua página pessoal está aqui.

Nuno Amado (PhD '16) é professor auxiliar convidado na Universidade Católica Portuguesa, colabora com o projecto Estranhar Pessoa. Publicou recentemente um livro baseado na sua tese de doutoramento.

Maria Pacheco de Amorim (PhD '11) ensina Português no Colégio de São Tomás.

David Antunes (PhD '03) é actualmente director da Escola Superior de Teatro e Cinema do Instituto Politécnico de Lisboa. Publicou A Magnanimidade da Teoria em 2009, baseado na sua tese de doutoramento, e trabalhou como dramaturgista.

Alberto Arruda (PhD '16) ensinou no Colégio de S. Tomás durante vários anos.  Voltará à Universidade de Lisboa e ao Programa como professor auxiliar no próximo outono.

Teresa Aica Bairos  (PhD '19) vive em Bruxelas e é tradutora na Comissão Europeia.

Teresa Bartolomei (PhD '16) é investigadora integrada na Universidade Católica Portuguesa, onde ensina e  trabalha num projecto internacional sobre eclesialidade e cidadania.

Humberto Brito (PhD '07, pós-doutorando 2009-10, pós-doutorando 2013-8) é agora professor auxiliar na Universidade Nova de Lisboa e fotógrafo  (a sua página está aqui). Foi co-fundador e director de Forma de Vida, a revista do Programa, entre 2013 e 2016.

Uma tradução francesa da tese de doutoramento de Patrícia Cabral (PhD ´06, pós-doutoranda 2006-10) saiu na Peter Lang.

Alexandra Caetano (PhD '11) é professora do quadro de nomeação definitiva da Escola Secundária Gil Vicente, onde ensina Português e Português para estrangeiros. Está a pensar no seu regresso ao Programa, com um projecto de pós-doutoramento.

António Carlos (PhD '08) é professor do quadro de nomeação definitiva da Escola Básica Pedro Jacques de Magalhães, onde ensina Português e Francês.

Henrique Carvalho (PhD '06) é investigador do Centro de Estudos Clássicos da Universidade de Lisboa.

Ana Sofia Couto (PhD '11) é professora na Escola Salesianos do Estoril, onde ensina Português.

Jean Pierre De Roo (PhD '13, pós-doutorando 2013-2017)  está agora em Paris, a escrever dois livros.

Sara Eckerson (PhD ’16) publicou recentemente um artigo sobre Händel e Milton no Yale Journal of Music and Religion.

Rui Estrada (PhD '01, pós-doutorando 2005-06) é professor catedrático na Universidade Fernando Pessoa. O seu quarto e mais recente livro é On Rorty and Other Ethical Issues.

Ângela Fernandes (PhD '09) é professora auxiliar de nomeação definitiva e directora do Doutoramento em Estudos Comparatistas na Universidade de Lisboa. Mais pormenores aqui.

Ana M. Ferraria (PhD '16) colabora com o projecto Estranhar Pessoa e com a revista Forma de Vida. Publicou recentemente um ensaio relacionado com a sua dissertação na Revista Desassossego.

Pedro Tiago Ferreira (PhD '17) encontra-se, neste momento, a frequentar o doutoramento em Ética, Democracia e Desafios Societais na Universidade de Lisboa, e a pensar num projecto de pós-doutoramento acerca da forma como o Direito é descrito em obras literárias.

João Figueiredo (PhD '06) voltou ao Programa, onde é actualmente Director e Director de Curso;  é professor auxiliar de nomeação definitiva. Mais pormenores aqui.

Cristina Firmino (PhD '03) é professora auxiliar de nomeação defintiva no Departamento de Linguística e Literaturas da Universidade de Évora.

Claudia Fischer (PhD '07) voltou ao Programa em 2017 e é professora auxiliar no Departamento de Estudos Germanísticos, na Universidade de Lisboa. Mais pormenores aqui.

A tese de Teresa Gonçalves (PhD '13) foi publicada: Fakes in Art.

Virgínia Graça (PhD '03), depois de uma carrreira como professora do ensino secundário e do ensino superior, reformou-se recentemente.

Ana Matoso (PhD '12) é professora auxiliar convidada na Universidade Católica.

Joana Meirim (PhD '14) é professora auxiliar convidada na Universidade Católica (onde também é investigadora).  Organizou um volume colectivo de ensaios sobre Alexandre O'Neill, publicado recentemente.

José Maria Vieira Mendes (PhD '16) é dramaturgo, membro do Teatro Praga, foi professor auxiliar convidado na Universidade Nova de Lisboa e na Universidade de Lisboa. Publicou em 2016 o ensaio Uma coisa não é outra coisa, resultante da sua tese de doutoramento. Tem, além disso, duas antologias de peças publicadas (Teatro [2008] e Uma coisa  [2016]) e um livro de ficção (Arroios, diário de um diário  [2015]).

Maria Sequeira Mendes (PhD '12) voltou ao Programa em 2017 e é professora auxiliar na Universidade de Lisboa. Mais pormenores aqui.

Victor K. Mendes (PhD '98) é professor associado no departamento de Português da University of Massachusetts (Dartmouth), onde dirige actualmente o Center for Portuguese Studies and Culture. Foi co-fundador e primeiro director de Portuguese Literary and Cultural Studies.

Joana Corrêa Monteiro  (PhD'16) regressou à Faculdade de Letras como investigadora no projecto SHARE - Saúde e Humanidades actuando em rede, e é professora auxiliar convidada de Ética na Nova School of Business and Economics (Universidade Nova de Lisboa).

Inês Morais (PhD '09) é Membro Associado do LanCog (Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa).   Publicou o artigo "Interpretação Literária e Intenção" (2006) e várias recensões sobre estética e filosofia da literatura, na Disputatio e na Forma de Vida. O seu livro Aesthetic Realism, desenvolvido também no Programa, foi recentemente publicado pela Palgrave Macmillan.

Ricardo Namora (PhD '09) foi leitor na Universidade de Estocolmo, e é investigador do Centro de Literatura Portuguesa e professor convidado do programa Materialidades da Literatura, na Universidade de Coimbra. Publicou quatro livros, o último dos quais Uma coisa chamada hermenêutica (2018).

Bernardo Palmeirim (PhD '14) é leitor no Departamento de Estudos Anglísticos da Universidade de Lisboa. É também músico e membro dos Nome Comum.

Frederico Pedreira (PhD '16, pós-doutorando) é poeta, ensaísta e tradutor. Voltou ao Programa com um projecto de pós-doutoramento.  Um livro baseado na sua tese ganhou o prémio INCM/Vasco Graça Moura de Ensaio em Humanidades.

Conceição Pereira (PhD '07) dirige o Portuguese Language Centre da Universidade de Newcastle, e é investigadora do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa, onde é também orientadora cooperante no Mestrado em Ensino do Português.

Cecília Rego Pinheiro (PhD '03) publicou traduções de Yeats, Cummings, Dickinson, Dorothy Parker e Nancy Mitford e editou um volume de correspondência de Vitorino Nemésio.

O mais recente livro de José Nunes da Rocha (PhD '08) é As moscas de Sileno. Zig et Zig et Zag (2019), sobre o qual deu uma entrevista que pode ser lida aqui

Alda Rodrigues (PhD '15) publicou um ensaio no volume Philosophy and Museums: Ethics, Aesthetics and Ontology (2016). Traduziu, entre outros, traduziu Rudyard Kipling, George Orwell, Joseph Conrad, Julian Barnes e Jane Austen. É co-autora do blogue Cinéfilo Preguiçoso.

Telmo Rodrigues (PhD '15) é desde 2016 o director da revista Forma de Vida.   Ensinou na Escola Superior de Aveiro Norte, Universidade de Aveiro.
 
A dissertação de Susana Rosa (PhD '10) foi publicada pela Fundação Gulbenkian.
 

Ana Cláudia Santos (PhD '15) trabalha na Imprensa da Universidade de Lisboa. Traduziu a autobiografia de Giambattista Vico  e os Pensamentos de Leopardi.

Isaac Sassoon (PhD '07) é professor no Institute of Traditional Judaism, em Nova Iorque. A Cambridge University Press publicou em 2011 The Status of Women in Jewish Tradition, em cuja origem esteve a tese que defendeu no Programa e, em 2017, Conflicting Attitudes to Conversion in Judaism, Past and Present.

Pedro Tiago Serras (PhD '12, pós-doutorando 2013-14) começou uma carreira empresarial. 

Ana Isabel Soares (PhD '03, pós-doutoranda 2007-10) é professora auxiliar na Universidade do Algarve, e foi membro fundador e Presidente da AIM - Associação Portuguesa de Investigadores da Imagem em Movimento (2010-14). Traduziu, com Merja de Mattos-Parreira, e publicou em Portugal a epopeia finlandesa Kalevala. Traduziu e publicou, no Brasil, quatro livros de Hans Ulrich Gumbrecht.

Elisabete Sousa (PhD '06, pós-doutoranda, 2010-11) é investigadora no Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa, onde trabalha sobre Kierkegaard. É autora de Formas de Arte: a prática crítica de Berlioz, Kierkegaard, Liszt e Schumann (2008). De Kierkegaard traduziu Temor e tremor em 2010, a primeira parte de Ou/Ou, em 2014, e a segunda parte de Ou/Ou (2016).

Jorge Uribe (PhD '14), depois de ter sido pós-doutorando na Universidade de São Paulo, é actualmente professor no Departamento de Humanidades da Universidad EAFIT, na Colômbia.   Continua a colaborar com o projecto Estranhar Pessoa. Recentemente publicou (com Jeronimo Pizarro) Obra Completa de Ricardo Reis e (com Pedro Sepúlveda) O planeamento editorial de Fernando Pessoa.

Dissertações e Teses Online

A lista abaixo representa todos os graus conferidos pelo Programa em Teoria da Literatura. Excepto indicação em contrário, todos os direitos das dissertações e teses online © pertencem aos seus autores.

Nome
Grau
Ano
Título
Orientador

ABECASIS, Rodrigo. MA. 2013. Eis pérolas que os seus olhos foram: Uma leitura de The Waste Land [Those Are Pearls That Were His Eyes: A Reading of The Waste Land]. António M. Feijó.

ALMEIDA, Ana. MA. 2006. Amadores [Amateurs]. Miguel Tamen.

ALMEIDA, Ana. PhD. 2012. Inseparabilidade [Inseparability]. Miguel Tamen.

ALMEIDA, João Luís. MA. 2018. Uma teoria tropológica da linguagem [A Tropological Theory of Language]. Elisabete M. Sousa.

ALMEIDA, Jorge. MA. 2012. Il libro del corteggiano de Baldesar Castiglione Il libro del corteggiano, by Baldesar Castiglione] João R. Figueiredo.

ALMEIDA, Miguel. MA. 2012. A impossibilidade em Mário de Sá-Carneiro [Impossibility in Mário de Sá-Carneiro]. Mariana Gray de Castro.

ALVES, Maria. MA. 2015. Acaso moral e tentativa jurídico-penal [Moral Luck and the Legal Concept of Attempt]. Ana Almeida.

AMADO, Nuno. MA. 2008. Kafka: uma habilidade necessária [Kafka: Necessary Tricks] Fernanda Gil Costa.

AMADO, Nuno. PhD. 2016. Ricardo Reis (1887-1936). António M. Feijó + Miguel Tamen

AMORIM, Maria Pacheco de. MA. 2006. O que seria um Winston Smith feliz? Uma unidade possível para a obra de George Orwell. [What Would a Happy Winston Smith Be Like? The Possible Unity of George Orwell's Work]. António M. Feijó.

AMORIM, Maria Pacheco de. PhD. 2011. Aprender com pessoas [Learning With Persons]. António M. Feijó.

ANTUNES, David. MA. 1996. Como escrever acções. [How to Write Down Actions]. Miguel Tamen.

ANTUNES, David. PhD. 2003. A magnanimidade da teoria. Interpretar a ética em teoria da literatura [The Magnanimity of Theory. Interpreting Ethics in Literary Theory]. António M. Feijó + Miguel Tamen

ARRIGONI, Carlo. MA. 2013. As novas ideias de Eça de Queiroz [Eça de Queiroz's New Ideas]. João R. Figueiredo.

ARRUDA, Alberto. MA. 2009. As Regras da Estética. [Rules in Aesthetics]. Miguel Tamen.

ARRUDA, Alberto. PhD. 2016. The Absence of Indifference. Miguel Tamen.

BAIROS, Teresa Aica. PhD. 2019. "Grande revolução mundial".  Uma tradução de Sartor Resartus de Thomas Carlyle ["Great World-Revolution".  A Translation of Sartor Resartus, by Thomas Carlyle].  Miguel Tamen.

BARTOLOMEI, Teresa. PhD. 2016. Figura huius mundi. Figuras líricas da temporalidade na poesia de Emily Dickinson [Lyrical Figures of Temporality in the Poetry of Emily Dickinson]. António M. Feijó.

BATISTA, Pedro. MA. 2003. Alguns testemunhos "literários" de alguns acontecimentos "históricos": Robert Graves, Jean-Paul Sartre, Fernando Assis Pacheco. [Some "Literary" Witnesses of Some "Historical" Events: Robert Graves, Jean-Paul Sartre, Fernando Assis Pacheco]. Manuel Gusmão.

BERJANO, Maria Manuel. MA. 2006. Arte como natureza. Um estudo sobre Nietzsche e Oscar Wilde. [Art as Nature. A Study on Nietzsche and Oscar Wilde]. Miguel Tamen.

BORGES, Marana. MA. 2013. Sobre o conceito de rascunho [On the Concept of Sketch]. João R. Figueiredo.

BRAGANÇA, João. MA. 2015. Quando o fado é confissão.  "E na minha confissão / vão as rimas do meu fado" [Fado as Confession]. Miguel Tamen.

BRAY, João. MA. 2018. Ruy Belo: a alegria em preparação [Joy, forthcoming].  António M. Feijó.

BRITO, Humberto. PhD. 2007. Pessoas como nós. Uma discussão da Poética de Aristóteles [People Like Us. A Discussion of Aristotle's Poetics] António M. Feijó + A. Barros Baptista.

CABRAL, Luísa Costa. MA. 2009. Lembranças imprevistas [Sudden Memories]. Miguel Tamen.

CABRAL, Patrícia. PhD. 2006. Proust, do lado de Sainte-Beuve [Proust, Sainte-Beuve's Way]. Miguel Tamen.

CAETANO, Alexandra. MA. 1999. Nomes, figuras e realismo em Charles Baudelaire. [Names, Figures, and Realism in Charles Baudelaire] António M. Feijó

CAETANO, Alexandra, PhD. 2011. Gestos fundadores. Uma leitura de Ernest Hemingway, The Old Man and the Sea [Foundational Gestures. A Reading of Ernest Hemingway's The Old Man and the Sea] António M. Feijó

CALHEIROS E MENEZES, Gonçalo. MA. 2001. Formas dualistas de descrever arte e outras soluções. [Dualism in Art Description and Other Solutions]. Miguel Tamen.

CALHEIROS E MENEZES, Mónica. MA. 2003. Filosofia e literatura: de alguns usos pragmáticos da literatura. [Philosophy and Literature: On Some Pragmatic Uses of Literature]. António M. Feijó.

CAMPOS, Maria José Segurado e. MA. 1996. O corcundinha, o anão e o anjo. Modernidade e contemporaneidade em Walter Benjamin. [The Hunchback, the Dwarf, and the Angel. Modernity and Contemporariness in Walter Benjamin]. Miguel Tamen.

CARLOS, António. MA. 2001. Mapa das Conversas em Alice's Adventures in Wonderland, de Lewis Carroll . . . [Charting Conversation in Lewis Carroll's Alice's Adventures in Wonderland] António M. Feijó.

CARLOS, António. PhD. 2008. Realidade à vista. Caracterização da arte fotográfica perceptiva [Reality Ho! Characterizing Perceptual Photography]. António M. Feijó.

CARNEIRO, Helena. MA. 2015. Descrições de escritores [Descriptions of Writers]. António M. Feijó

CARVALHO, Henrique. MA. 1999. Crítica, mimese e narrativa histórica: a situação pós-desconstruccionista. [Criticism, Mimesis and Historical Narrative: the Post-Deconstruction Context] António M. Feijó.

CARVALHO, Henrique. PhD. 2006. Voz, texto e razão humana [Voice, Text, and Human Reason]. António M. Feijó.

CARVALHO, Luís Filipe. MA. 2003. Rebeldia e sensualidade no Suplemento Cultural [Rebellion and Sensuality in the Suplemento Cultural]. Alberto Carvalho.

CASTRO, Tomás N. MA. 2017. Curadoria como interpretação e interpretação sem curadoria.  Um ensaio sobre arte [Curatorship as Interpretation and Interpretation without Curatorship.  An Essay on Art.]  Miguel Tamen.

CERQUEIRA, Sebastião Belfort. MA. 2012. You Said It Wasn't Art: o rap enquanto género musical [Rap as Musical Genre]. João R. Figueiredo.

CERQUEIRA, Sebastião Belfort. PhD. 2018. 'Galhofa, música e pernas'.  O musical como outra arte qualquer ['Laughter, Music and Legs'.  The Musical Like Any Other Art]. João R. Figueiredo.

CLARIANO, Tiago. MA. 2018.Clepsydra libertada [Clepsydra Unbound]. João R. Figueiredo.

CORREIA, Fátima. MA. 1997. Histoire de ma vie de George Sand: o discurso da justificação ou a retórica da sedução. [George Sand's Histoire de ma vie: the Discourse of Justification or the Rhetoric of Seduction]. Fernanda Gil Costa + Maria de Lourdes Ferraz.

COSTA, Cristina. MA. 2007. Hume e Quantz sobre a avaliação da arte [Hume and Quantz on Evaluating Art]. António M. Feijó.

COUTO, Ana Sofia. MA. 2006. Política e poesia: as respostas de Aristóteles. [Politics and Poetry: Aristotle's Responses]. Miguel Tamen.

COUTO, Ana Sofia. PhD. 2011. Eliminar a metafísica – Filosofia e Poesia. [Eliminating Metaphysics – Philosophy and Poetry]. Miguel Tamen.

CUNHA, Mónica. MA. 2004. Sucessos na literatura. Regras, receitas e surpresas na literatura portuguesa contemporânea [Success in Literature. Rules, Recipes, and Surprises in Contemporary Portuguese Literature]. Frederico Lourenço.

DE ROO, Jean Pierre, PhD. 2013. Imaginer l'anthropologie. Sens et non-sens dans l'interprétation de l' alien [Imagining Anthropology. Sense and Nonsense in Interpreting the Alien]. Miguel Tamen.

EATON, Duffy Jon. MA. 2006. Taking the Reader for a Ride: The Author as Con Artist Exemplified in Jack Kerouac's On the Road. António M. Feijó.

ECKERSON, Sara. MA. 2009. Phantasms in Music. Miguel Tamen.

ECKERSON, Sara. PhD. 2016. Beethoven's Dolce:  Interpretation, Performance, and Description -- The Case of Music.  Miguel Tamen.

ESTEVES, Henrique. MA. 2005. Chicotes com gatilho, peixes-frades e censura literária no Estado Novo [Whips with Triggers, Monkfish and Literary Censorship under the Estado Novo]. António M. Feijó.

ESTRADA, Rui. MA. 1995. A leitura da teoria. [Reading Theory]. Miguel Tamen.

ESTRADA, Rui. PhD. 2001. O "céu aberto do senso comum": um mapa de conflitos entre estética e retórica. [The "Open Skies of Common Sense": a Map of Conflicts between Aesthetics and Rhetoric] Miguel Tamen.

FERNANDES, Ângela. MA. 2000. Os efeitos da literatura. Algumas questões de arte e de moral. [The Effects of Literature. Some Questions of Art and Morals]. Maria de Lourdes Ferraz.

FERNANDES, Ângela. PhD. 2009. Literatura e Humanidade. [Literature and Humanness]. Maria de Lourdes Ferraz + Miguel Tamen.

FERRÃO DA COSTA, Pedro. MA. 2016. Anscombe under a Description. Miguel Tamen.

FERRARIA, Ana Margarida. MA. 2011. As épicas breves de Keats e Pessoa [The Short Epic of Keats and Pessoa]. António M. Feijó.

FERRARIA, Ana Margarida. PhD. 2016.  A confessionalidade francesa e Bernardo Soares [French Confessionalism and Bernardo Soares].  António M. Feijó.

FERREIRA, Miguel. MA. 2004. O retrato de Adónis. [The Portrait of Adonis]. Fernanda Gil Costa.

FERREIRA, Pedro Tiago. MA. 2012. Contra as teorias da interpretação no Direito e na Literatura [Against Theories of Interpretation in Law and Literature]. Miguel Tamen.

FERREIRA, Pedro Tiago. PhD. 2017. Curadoria e revogação. O Caso Pessoa [Guardianship and Revocation.  The Pessoa Affair]. António M. Feijó + Miguel Tamen.

FIGUEIREDO, João R. MA. 2000. A autocomplacência da mimese. Uma defesa da poesia, Os Lusíadas e Vida de D.Frei Bartolomeu dos Mártires. [The Self-Complacency of Mimesis. A Defense of Poetry, Os Lusíadas and Vida de D.Frei Bartolomeu dos Mártires]. António M. Feijó.

FIGUEIREDO, João R. PhD. 2006. Artes conceptuais. Camões e Rubens. [Conceptual Arts. Camões and Rubens]. António M. Feijó + Miguel Tamen.

FIRMINO, Cristina. PhD. 2003. Valor inspiracional e interpretação. [Inspirational Value and Interpretation]. Miguel Tamen.

FISCHER, Claudia. PhD. 2007. Schiller e Kleist, a propósito de graça [Schiller and Kleist on Grace]. Fernanda Gil Costa + Miguel Tamen.

FRANCO, Pedro. MA. 2018. Da auto-redefinição à conversão [From Self-Redefinition to Conversion]. Miguel Tamen.

FURTADO, Maria Rita. MA. 2011. Uma discussão acerca do conceito de crença [A Discussion of the Concept of Belief]. Miguel Tamen.

GONÇALVES, Teresa. MA. 2004. Linguagem comum: um ensaio sobre clichés [Common Language. An Essay on Clichés]. Miguel Tamen.

GONÇALVES, Teresa. PhD. 2012. Fakes in Art. Miguel Tamen

GRAÇA, Virgínia. PhD. 2003. A decisão contra o silêncio. Génese e transmissão de testemunhos [The Decision Against Silence. Genesis and Transmission of Testimonies]. Miguel Tamen.

GRILLO, Manuel Monteiro. MA. 2010. The Philosopher and the Pot: Two Models of Authority. António M. Feijó.

HENRIQUES, Henrique. MA. 2003. O melhor dos mundos. Observações sobre interpretação [The Best of All Worlds. Remarks on Interpretation]. Miguel Tamen.

JANIC, Susana. MA. 2012. Quod Libet ou Prefácios de Nicolaus Notabene [Quod Libet Or, Prefaces by Nicolaus Notabene]. J. Miranda Justo

JESUS, Carlos de. MA. 2000. Uma retórica da superação: o Contributo alla critica di me stesso de Benedetto Croce. [A Rhetoric of Sublation: Benedetto Croce's Contributo alla critica di me stesso]. António M. Feijó.

JONAS, Daniel. MA. 2006. Uma tradução anotada de Paradise Lost [An Annotated Translation of Paradise Lost]. António M. Feijó + Miguel Tamen.

KAMPSCHROER, Philipp. MA. 2018. Portugal: convites literários [Portugal: Literary Invitations]. Miguel Tamen.

LEITE, Ana Pinto. MA. 2013. O histórico e o eterno: do salafismo a Kierkegaard [Historical and Eternal: from Salafism to Kierkegaard]. José Miranda Justo + Hermenegildo Fernandes

LOPES, Paula. MA. 2003. Sobre circuitos de leitura. [On Circuits of Reading]. António M. Feijó.

LOPES, Rui. MA. 2002. O cúmulo da estupidez. Um ensaio sobre interpretação [Utter Stupidity. An Essay on Interpretation]. Miguel Tamen.

MADEIRA, Pedro. MA. 2012. A culpa é dos narradores: os contos "fantásticos" de Edgar Allan Poe [Blame It On the Narrator: The "Fantastic" Tales of Edgar Allan Poe.] João R. Figueiredo.

MARCOS, Vanessa. MA. 2013. Autoria online [Online Authorship]. Miguel Tamen.

MATOSO, Ana. MA. 2005. Os Evangelhos segundo Leão Tolstoi. A arte como verdade [The Gospel According to Leo Tolstoi. Art as Truth]. Miguel Tamen.

MATOSO, Ana. PhD. 2012. Tolstoi com Wittgenstein. Moral e arte [Tolstoi with Wittgenstein. Morals and Art]. Miguel Tamen.

MEIRIM, Joana. PhD. 2014. Literatura e posteridade. Jorge de Sena e Alexandre O'Neill [Literature and Posthumous Reputation. Jorge de Sena and Alexandre O'Neill]. Miguel Tamen

MENDES, José Maria Vieira. PhD. 2016.  Fechar fronteiras.  Teatro e literatura [Closing Borders.  Theatre and Literature].  João R. Figueiredo.

MENDES, Maria Sequeira. MA. 2004. Descrições minoritárias [Minority Descriptions]. António M. Feijó.

MENDES, Maria Sequeira. PhD. 2012. Mousetrapping. The Ordeals of Interpretation. António M. Feijó.

MENDES, Victor. PhD. 1998. Crise na representação. Tópicos de leitura das Viagens na minha terra. [Crisis in Representation. Reading in Viagens na minha terra]. Miguel Tamen.

MIRANDA, Helena A. MA. 2012. Jeff Wall: fotografias à escala humana. [Jeff Wall: Photography on a Human Scale]. João R. Figueiredo.

MONTE, Nuno. MA. 2002. Uma aproximação ao pai [Getting Close to the Father]. António M. Feijó.

MONTEIRO], Joana Cordovil Cardoso [Corrêa. MA. 2009. Descrição, perfeição e literatura [Description, Perfection, and Literature]. António M. Feijó.

MONTEIRO, Joana Cordovil Cardoso Corrêa. PhD. 2016.  Filosofia, literatura e vida.  Um exame crítico das relações entre ética e estudos literários [Philosophy, Literature, and Life.  A Critical Examination of the relationship between Ethics and Literary Studies]. Ângela Fernandes.

MORAIS, Inês. MA. 2001. Réplica e ficção. Transformações em arte [Replica and Fiction. Transformations in Art]. Maria de Lourdes Ferraz.

MORAIS, Inês. PhD. 2009. Aesthetic Realism. Maria de Lourdes Ferraz + Miguel Tamen.

MORAIS, Raquel. MA. 2016. A unidade de todas as coisas.  Uma leitura de alguns textos de Samuel Beckett [The Unity of All Things.  A Reading of Some Texts by Samuel Beckett].  António M. Feijó.

MOURÃO, Henrique. MA. 2012. The Great American Novel: Três versões, um título (Williams, Roth e Davis) [The Great American Novel: Three Versions, One Title (Williams, Roth, and Davis)]. João R. Figueiredo.

MOURO, Manuel. MA. 2018. A questão moral em O deserto dos tártaros, de Dino Buzzati [The Moral Question in Dino Buzzati's The Tartar Steppe.]. Ângela Fernandes.

MUSIAŁ, Zuzanna. MA. 2018. Bastardos e enjeitados [Bastards and Foundlings]. Elisabete M. Sousa.

NAMORA, Ricardo. MA. 2004. Para cá das trincheiras: (uma) cartografia de problemas de interpretação [Before the Trenches: A Mapping of Problems in Interpretation]. António M. Feijó.

NAMORA, Ricardo. PhD. 2009. Juízos literários: argumentos, interpretação e teoria da literatura. [Literary Judgements: Argument, Interpretation and Literary Theory]. António M. Feijó + Miguel Tamen.

NASCIMENTO, Pedro. MA. 2014. Leitores e factos literários [Readers and Literary Facts]. Miguel Tamen.

OLIVEIRA, Catarina. MA. 1997. Mostrar problemas. Uma leitura das Philosophische Untersuchungen de Ludwig Wittgenstein. [Showing Problems. A Reading of Ludwig Wittgenstein's Philosophische Untersuchungen]. António M. Feijó.

PALMEIRIM, Bernardo. MA. 2004. Two Ways of Transcendence. An Essay on Poetry and Prayer. Miguel Tamen.

PALMEIRIM, Bernardo. PhD. 2014. What is Poetic Attention. Miguel Tamen + Brett Bourbon.

PATRÍCIO, Tiago. MA. 2015. Recomendações de leitura e terapias literárias [Reading Prescriptions and Literary Therapies]. Ângela Fernandes.

PEDREIRA, Frederico, PhD. 2016.  Uma aproximação à ideia de estranheza [An Approach to the Idea of Strangeness].  João R. Figueiredo.

PENG HUI. MA. 2015. Maurice Maeterlinck:  palavras inúteis [Useless Words]. Miguel Tamen

PEREIRA, Carlos Alves. MA. 2009. Problemas de interpretação. [Problems in Interpretation]. Humberto Brito.

PEREIRA, Maria da Conceição. MA. 2000. Visibilidade e descrição. [Visibility and Description]. António M. Feijó.

PEREIRA, Maria da Conceição. PhD. 2007. Contextos Improváveis: Nonsense, Malapropismos e outras Banalidades [Improbable Contexts: Nonsense, Malapropism and Other Kinds of Banality]. António M. Feijó.

PINHEIRO, Cecília. PhD. 2003. "Os poetas passam e os artistas ficam": Fernando Pessoa, influência e construção ["Poets Go, Artists Remain": Fernando Pessoa, Influence and Construction]. António M. Feijó.

PINTO, Constança Vaz. MA. 2008. Proust, escritor de pastiches [Proust, Pastiche Writer]. Miguel Tamen.

PIRES, Susana. MA. 2010. O autor e a obra nas adaptações infantis dos clássicos da literatura [Work and Author in Children's Adaptations of Literary Classics]. António M. Feijó.

RAMALHO, António. MA. 2004. Wilde versus Douglas: da educação à revolta da arte [Wilde versus Douglas: From Education to the Mutiny of Art]. Miguel Tamen.

RAMOS, Inês. MA. 2017. A confissão de Zeno.  Uma análise do romance A consciência de Zeno, de Italo Svevo [Zeno's Confession. An Analysis of Italo Svevo's The Confessions of Zeno]Miguel Tamen.

REIS, Lauro. MA. 2019. À sombra da bananeira.  Uma abordagem à obra de Matsuo Bashô [Underneath the Banana Tree.  An Approach to the Work of Matsuo Bashô].  João R. Figueiredo.

ROCHA, José Nunes da. MA. 2002. Poetas e carpinteiros. Uma reflexão sobre a utilidade da poesia a propósito da vontade de rir de Alberto Caeiro quando leu versos de um poeta místico. [Poets and Carpenters. A Reflection on the Use of Poetry Concerning Alberto Caeiro's Laughter Upon Reading a Mystical Poet]. António M. Feijó.

ROCHA, José Nunes da. PhD. 2008. Como construir um leitor de poesia. [How to Build a Poetry-Reading Device]. António M. Feijó.

RODRIGUES, Alda. MA. 2009. Duas ou três coisas sobre cinema [Two or Three Things About Film]. Miguel Tamen.

RODRIGUES, Alda. PhD. 2015.  Uma teoria da colecção [A Theory of Collection]. Miguel Tamen + João R. Figueiredo.

RODRIGUES, Telmo. MA. 2009. Bob Dylan: música com poesia [Bob Dylan: Music with Poetry]. António M. Feijó.

RODRIGUES, Telmo. PhD. 2015. For a Lark: the Poetry of Songs.   António M. Feijó + Miguel Tamen

ROSA, João. MA. 2008. Porque tiramos fotografias? [Why do We Take Pictures?]. Miguel Tamen.

ROSA, Susana. MA. 2005. Garção 'num bairro moderno': que linguagem para a poesia? [Garção 'In a Modern Quarter': What Language for Poetry?]. Miguel Tamen.

ROSA, Susana. PhD. 2010. Cesário Verde ou o poema sem assunto [Cesário Verde, or Poetry Without Subject Matter]. Miguel Tamen.

RUFINO, Ana. MA. 2005. Apanha-me se puderes. Construção e desconstrução de autores-cripta. [Catch Me If You Can. Construction and Deconstruction of Crypt-Like Authors]. Manuel Gusmão.

RUSSO, João. MA. 2017. 'Ese dificilissimo equilibrio'.  Uma visão sobre a obra de Julio Cortázar. Ângela Fernandes.

SABINO, Ana. MA. 2014. Literatura para míopes. Um olhar aproximado sobre questões de forma em teoria da literatura. [Literature for the Nearsighted. A Close Look at Matters of Form in Literary Theory]. António M. Feijó.

SANTOS, Ana Cláudia. MA. 2008. Giambattista Vico: Poesia e Ciência Nova [Giambattista Vico: Poetry and New Science]. João R. Figueiredo.

SANTOS, Ana Cláudia. PhD. 2015. Histórias familiares. Vico, Rossellini, Proust [Family Histories. Vico, Rossellini, Proust] João R. Figueiredo.

SANTOS, Rui Costa. MA. 2006. A Teoria em questão: Stanley Fish e Fredric Jameson. [Theory in Question: Stanley Fish and Fredric Jameson]. António M. Feijó.

SASSOON, Isaac S. D. PhD. 2007. The Status of Women in the Jewish Tradition. António M. Feijó + Peter Stilwell.

SERRAS, Pedro Tiago. PhD. 2012. Racionalidade radical. Um argumento sobre interpretação [Radical Rationality. An Argument on Interpretation]. Miguel Tamen.

SILVA, Ana. MA. 2018. O modernismo de Clement Greenberg: Forma e conteúdo [Clement Greenberg's Modernism:  Form and Content]. João R. Figueiredo.

SILVA, Inês Amado da. MA. 2018. Estupidez e literatura. Três tentativas de Robert Musil [Stupidity and Literature. Three Attempts by Robert Musil]. Miguel Tamen.

SILVA, João Esteves da. MA. 2019. Wittgenstein's Tractatus Deranged.  A Metaphilosophical Story.  Miguel Tamen

SILVEIRA, Tiago. MA. 2015. Realismo metafísico e realismo moral. Um argumento sobre a influência moral da ficção [Metaphysical Realism and Moral Realism.  An Argument on the Moral Influence of Fiction].  Miguel Tamen.

SIMÕES, João Paulo. MA. 2010. A arte da fuga: um ensaio sobre Walden de Henry David Thoreau. [The Art of Fugue: An Essay on Henry David Thoreau's Walden]. António M. Feijó.

SOARES, Ana Isabel. MA. 1996. Interpretar a retórica. Intersecções entre estudos literários e estudos jurídicos. [Interpreting Rhetoric. Intersections of Literary and Legal Studies]. Miguel Tamen.

SOARES, Ana Isabel. PhD. 2003. Espaços do Tempo: Considerações acerca da arte e da história da civilização moderna nas obras de David Wojnarowicz e em Passagenwerk de Walter Benjamin [Spaces of Time: Remarks on Art and the History of Modern Civilization in the Works of David Wojnarowicz and in Walter Benjamin's Passagenwerk]. António M. Feijó + Miguel Tamen.

SOUSA, Elisabete. MA. 2000. A técnica do Leitmotiv em Der Ring des Nibelungen, de Richard Wagner e Buddenbrooks, de Thomas Mann. [The Technique of the Leitmotiv in Richard Wagner's Der Ring des Nibelungen, and Thomas Mann's Buddenbrooks]. Manuel S. Lourenço.

SOUSA, Elisabete. PhD. 2006. Formas de arte: a prática crítica de Berlioz, Kierkegaard, Liszt e Schumann. [Forms of Art. Critical Practices of Berlioz, Kierkegaard, Liszt and Schumann]. Manuel S. Lourenço + Miguel Tamen.

SOUSA, Rodrigo. MA. 2003. Ion, Sócrates, e os mistérios do além. [Ion, Socrates, and the Mysteries from Beyond]. Miguel Tamen.

SWIATKIEWICZ, Teresa. MA. 2000. A Ironia em Vista com grão de areia: um estudo da poesia de Wyslawa Szymborska. [Irony in Landscape With a Grain of Sand: A Study of Wyslawa Szymborska's Poetry]. Maria de Lourdes Ferraz.

TABORDA, Rita. MA. 2002. Crítica e representação. Da aporia na crítica de um texto poético [Criticism and Representation. On Aporia in Poetry Criticism]. Maria de Lourdes Ferraz.

URIBE, Jorge. PhD. 2014. Um drama da crítica: Oscar Wilde, Walter Pater e Matthew Arnold, lidos por Fernando Pessoa [A Drama in Criticism: Oscar Wilde, Walter Pater, and Matthew Arnold, as Read by Fernando Pessoa]. António M. Feijó

VALA, João Pedro. MA. 2014. Morte, silêncio e descrições erradas: Em busca do tempo perdido [Death, Silence and Wrong Descriptions: In Search of Lost Time]. Miguel Tamen.

VARINO, Gabriela. MA. 2005. A dignificação das metáforas Ou, porque o amarelo é a minha cor preferida. [Dignified Metaphors, Or Why Yellow Is My Favorite Color]. António M. Feijó.

VELOSO DA SILVA, Carlos. MA. 1996. Experiências do irreconciliável. [Experiences of Irreconcilability]. António M. Feijó.

ZHOU, Ning. MA. 2018. Ler Cesário Verde: um percurso do eléctrico 28 [Reading Cesário Verde. The #28 Tram Line]. Miguel Tamen.

Alunos e Pós-Doutorandos

 

Nome. Grau [Mestrado/Doutoramento/Pós-doutoramento/Visitante]. Ano de admissão. [Título do projecto de doutoramento ou pós-doutoramento]. Orientador. E-mail.

 

ABECASIS, Rodrigo. 2017. "These doves undriven that coo" - Empson sobre crítica literária [Empson on Literary Criticism]. António M. Feijó + Miguel Tamen. rodrigoabecasisfernandes[at]gmail.com

ALMEIDA, João Nunes. 2018. joao-luis-almeida[at]campus.ul.pt

ALMEIDA, Jorge. 2012. 'Um estilo natural com um toque de afectação': Castiglione e o dandismo. ['A Natural Style with a Whiff of Affectation': Castiglione and Dandyism] . João R. Figueiredo. jorgealmeida9292[at]gmail.com

BORGES, Luís. 2017. luisborges[at]campus.ul.pt

BORGES, Marana. 2014. O inacabamento na arte [Unifinished Art]. Miguel Tamen + João R. Figueiredo. marana_borges[at]yahoo.com.br

BRAGANÇA, João de. 2016.  Less is more. O despojamento como meio [Austerity as a Means].  Miguel Tamen. joao.braganca[at]campus.ul.pt

BRAY, João. 2018. joaombsilva[at]campus.ul.pt

CALDAS, Miguel Castro. 2019. miguel.caldas[at]campus.ul.pt

CAMBIM, Francisco. 2018. franciscocambim[at]campus.ul.pt

CANDEIAS, Francisco. 2017. franciscocandeias[at]campus.ul.pt

CARNEIRO, Helena. 2015.  helena.paula.carneiro[at]gmail.com

CARVALHO, Sofia A. 2015. A figura do estrangeiro e o processo de estranhamento nas biografias de Teixeira de Pascoaes [The Figures of the Stranger and Estrangement in Teixeira de Pascoaes' Biographies]. António M. Feijó. sofia-carvalho[at]campus.ul.pt

CASTRO, Mariana Gray de. 2010. Os Livros Ingleses de Fernando Pessoa: Uma Biografia de Leituras [Fernando Pessoa's English Books: A Reading Biography] António M. Feijó. mariana.decastro[at]gmail.com

CASTRO, Tomás N. 2017.  Miguel Tamen + João R. Figueiredo. tomas.castro[at]campus.ul.pt

CHADWICK, Lily. 2019. lchadwick[at]campus.ul.pt

CLARIANO, Tiago. 2018. tiagoclariano[at]campus.ul.pt

CLEMENTE, Adauto. 2018. adautoclemente[at]campus.ul.pt

CORAGEM, Sérgio. 2015. scoragem14[at]gmail.com

COSTA, Carlos. 2019. vagamente000[at]hotmail.com

COSTA, Cristina. 2015. Guia Turístico do Desenvolvimento pessoal [A Tourist Guide to Personal Development]. António M. Feijó. cristinamariacosta[at]sapo.pt

FERRÃO, Pedro. 2016.  Miguel Tamen. pedroferrao[at]campus.ul.pt

FERREIRA, Laura Amorim. 2016. António M. Feijó. 22starrynight[at]gmail.com

FERREIRA, Tomás Vicente. 2016. Miguel Tamen. tferreira2[at]campus.ul.pt

FIGUEIRA, Sara. 2019. figueira.sara[at]campus.ul.pt

FORMIGO, Ricardo. 2019. ricardo.formigo[at]edu.ulisboa.pt

FRANCO, Pedro. 2018. Miguel Tamen.pedro.am.franco[at]gmail.com

FURTADO, Maria Rita. 2012. Inteligência e Sofrimento: Marcel Proust, Simone Weil e São João da Cruz [Intelligence and Suffering: Marcel Proust, Simone Weil and Saint John of the Cross]. Miguel Tamen. rita.furtado[at]gmail.com

GRAÇA, Joana. 2016. João R. Figueiredo. j.graca[at]campus.ul.pt

HENRIQUES, Raimundo. 2016. Funcionalismo arquitectónico e a filosofia de Wittgenstein [Architectural Functionalism and the Philosophy of Wittgenstein]. Miguel Tamen. raimundo.henriques[at]campus.ul.pt

JESUS, Sofia. 2018. asjesus[at]campus.ul.pt

JONAS, Daniel. 2014. Traído pela alegria: da superação em poesia. [Betrayed By Joy: Overcoming in Poetry]. Miguel Tamen. danjonas[at]gmail.com

KAMPSCHROER, Philipp. 2016. Miguel Tamen. Philipp.Kampschroer[at]campus.ul.pt

LÍBANO MONTEIRO, Teresa. 2019. teresalm93[at]gmail.comEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.">

MADEIRA, Pedro. 2012. A encenação da imortalidade: Poe e o Romantismo [The Staging of Immortality: Poe and Romanticism]. João R. Figueiredo+ António M. Feijó.  pdmadeira[at]gmail.com

MANCIO PEREIRA, André. 2016. João R. Figueiredo. andremancio95[at]gmail.com

MARQUES, André. 2017. andremarques94[at]gmail.com

MEXIA, Pedro. 2017. Miguel Tamen. pedro18[at]campus.ul.pt

MIRANDA, Helena. 2015. Fotografia e analogia: o desenvolvimento da técnica [Photography and Analogy. The Development of Technique]. João R. Figueiredo + Miguel Tamen. helenaamiranda[at]gmail.com

MOURO, Manuel. 2018. manuelmouro[at]yahoo.com

PEDREIRA, Frederico. 2019. Intimidade em poesia.  Miguel Tamen. pedreira.frederico[at] googlemail.com

PEREIRA, António. 2017.  antoniofmpereira[at]campus.ul.pt

PEREIRA, Carlos Alves. 2016.  Fiction. Miguel Tamen. carlosalvespereira[at]gmail.com

PEREIRINHA PIRES, Ana. 2016.António M. Feijó. ana.pereirinha[at]clix.pt

PEREZ, Daniel. 2019. d.perez.fajardo[at]gmail.com

PORTELA, António. 2016. Miguel Tamen. antoniojportela[at]sapo.pt

QUEVEDO, Carla. 2015. Duas vidas [Two Lives]. Miguel Tamen. carlaquevedo[at]campus.ul.pt

QUINTELA, Madalena. 2019. madalenaquintela[at]gmail.com

RAMOS, Inês Gomes. 2017. Miguel Tamen.  gramos.ines[at]gmail.com

ROSA, Inês. 2017. António M. Feijó + Miguel Tamen. ines-rosa[at]campus.ul.pt

RUAS, José. 2019. jacr[at]campus.ul.pt

RUIZ, Afonso. 2018. afonso.ruiz[at]campus.ul.pt

SILVA, Ana. 2018. achs[at]campus.ul.pt

SILVA, João Esteves da. 2019. Miguel Tamen. joao.esteves.silva[at]campus.ul.pt

SOBRAL, Cecília. 2018. anacecilia[at]campus.ul.pt

TAMEN, Madalena. 2018. mtamen1[at]campus.ul.pt

VALA, João Pedro. 2014. Miguel Tamen. joaopvala[at]gmail.com

VASCONCELOS, Inês. 2018. inesganchinho[at]campus.ul.pt

VEIGA, Lourenço. 2018. lourencov[at]campus.ul.pt

ZENHA, Miguel. 2018. Miguel Tamen. miguel17[at]campus.ul.pt

Biblioteca do Programa

 
Catálogo

Clique.

 

 

Sugestões bibliográficas?

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

 

 

 

Actividades e Avisos

AS NOTÍCIAS DO PROGRAMA E MAIS IDEIAS NOVAS, TODOS OS DIAS estão no facebook da Forma de Vida, aqui

 

 

EM 2020/2021: DESCRIÇÕES EM BREVE
Alberto Arruda sobre Leo Strauss
António Feijó sobre Pessoa, Yeats, Eliot e Frost
João Figueiredo sobre o que fazem os críticos (a Os Lusíadas)
Hans Ulrich Gumbrecht sobre Baltasar Gracián
Maria Sequeira Mendes sobre poemas tolos
Miguel Tamen sobre a ligação do costume (em arte, história, linguagem, política, amor e comércio)
Nereida Villagra sobre Literatura na Antiguidade

 

COMEÇAM EM 2020/2021 (MESTRADO E DOUTORAMENTO): BEM VINDOS!
 
James Dias
Constança Duarte
Madalena Ferreira
Tiago Fonseca
Igor Garcia
Joanna Jaszczowska
Francisco Lourenço
Henrique Monteiro
Bruno Nogueira
André Osório
José Maria Reis
Sofia Sequeira
Flora Soares
Inês Teixeira
Bruno Venâncio
 
FORMA DE VIDA. A REVISTA DO PROGRAMA

O nº 18 está aqui.    E as recensões FdV estão  aqui.

 

COVID-19
Notícias e avisos actualizados aqui
WORKSHOP DE FILOSOFIA E LITERATURA

Voltará no Outono.  Sempre às 3ªs feiras, sempre às 18:00, sempre na sala 6/5 (esperemos).

JOGOS FLORAIS

Poesia, crítica de poesia, entrevistas a poetas e muito mais, ao cuidado de Maria Sequeira Mendes e Joana Meirim: está tudo aqui.