A revista científica Disputatio – International Journal of Philosophy, propriedade do Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa (CFUL), ascendeu recentemente à categoria Q1 (1.º Quartil) da área de Filosofia do Scimago Journal Ranking (Scopus/SCImago), sendo, presentemente, a revista de Filosofia publicada num país iberoamericano – e noutros países como França, Itália, Bélgica ou Áustria – em melhor posição naquele índice e a melhor revista portuguesa de Artes e Humanidades.

A Disputatio é uma revista internacional de Filosofia mantida pelo grupo de investigação LanCog (Language, Mind and Cognition Research Group) e publicada exclusivamente online e em acesso aberto pela De Gruyter/Sciendo, com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Criada em 1996 por um grupo de filósofos liderado por João Branquinho, a Disputatio foi inicialmente publicada pela Sociedade Portuguesa de Filosofia. A partir de 2002, passou a ser publicada pelo CFUL, que em 2013 optou por torná-la exclusivamente online.

“No ano em que a revista comemora 25 anos de existência, foi uma excelente notícia, que deixou toda a equipa (...) muito contente” afirma sobre a subida da publicação ao Q1 Ricardo Santos, professor da FLUL, coordenador do LanCog e editor da Disputatio, conjuntamente com Elia Zardini (investigador da Universidade Complutense de Madrid, e antigo investigador do CFUL). O editor acrescenta ainda que “poderá ser também um sinal muito encorajador para outras revistas portuguesas, e em particular para outras revistas da FLUL, que procuram afirmar-se no mundo”.

A revista integra o Scimago Journal Ranking desde 2001. Em 2015, a Disputatio ascendeu ao Quartil 2 da categoria de Filosofia, mantendo-se, com um pequeno interregno em 2017, na metade superior da lista de classificação até 2020. A posição agora alcançada traz também o desafio da sua consolidação, como sublinha Ricardo Santos, afirmando que “no curto prazo, é razoável esperar que com isto aumente o número de autores com trabalhos de grande qualidade que espontaneamente nos procuram para publicar os resultados da sua investigação.”

A Disputatio encontra-se também também incluída no Web of Science Emerging Sources Citation Index (da Clarivate Analytics), além de vários outros serviços de indexação internacionais.

 

Fontes: Revista Disputatio; FLUL - Divisão de Apoio à Investigação