Faculdade de Letras distinguiu Jorge Molder com Prémio Alumni 2021

Jorge Molder recebeu na passada sexta-feira, 26 de Novembro, o Prémio Alumni 2021, que reconhece a carreira de um diplomado pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

01

Na entrega da distinção, pelo Director da Faculdade de Letras Professor Miguel Tamen, estiveram presentes entre outros convidados o Reitor da Universidade de Lisboa, Professor Luís Ferreira, a Subdirectora da Faculdade de Letras Professora Alexandra Assis Rosa, assim como os restantes elementos do júri do Prémio, os Professores Arnaldo Espírito Santo e Ivo Castro.

Licenciado em Filosofia em 1972, Jorge Molder é uma das figuras mais destacadas da fotografia portuguesa contemporânea. Com uma obra reconhecida nacional e internacionalmente, há mais de 40 anos que o trabalho do artista dá primazia à imagem a preto e branco. Procurando uma representação teatral de espaços vazios ou evocando personagens que coloca em coreografias teatrais, Jorge Molder já realizou mais de cinco dezenas de exposições individuais.

Na sessão de entrega do Prémio, que decorreu na Sala D. Pedro V, o Director da Faculdade de Letras, Professor Miguel Tamen, destacou a admiração pela obra de Jorge Molder. Sobre o Prémio Alumni, Miguel Tamen sublinhou que “um dos sinais mais importantes de uma escola é que as pessoas que andaram nela venham a fazer coisas completamente imprevistas e completamente diferentes daquilo que se imagina que uma pessoa que andou numa faculdade com certas características irá fazer”.

Jorge Molder, depois de agradecer o Prémio, lembrou a profunda relação de amizade que manteve com os docentes do curso de Filosofia que frequentou na Faculdade de Letras entre 1967 e 1972. “Alguns professores que me marcaram bastante foram Joaquim Cerqueira Gonçalves e Oswaldo Market, que marcou completamente a minha relação com a Filosofia”, referiu Jorge Molder. Sobre Vitorino Nemésio apresentou-o como um professor “com quem apetecia passar o tempo, com quem o tempo passava de uma maneira espantosa”. Lindley Cintra, Borges de Macedo e David Mourão-Ferreira foram outros professores lembrados, este último “uma pessoa que nos ensinou a ler, uma coisa que nós pensávamos que sabíamos e não sabíamos”, acentuou o homenageado.

Leia a notícia e veja a galeria completa aqui.

Texto e Fotografia: Tiago Artilheiro (FLUL-DREI, Núcleo de Alumni e Mecenato)