A Universidade de Lisboa, sob proposta da Faculdade de Letras e do Instituto de Educação, vai atribuir o título de Doutor Honoris Causa a Roger Chartier, no próximo dia 10 de dezembro de 2018, pelas 15h00, no Salão Nobre da Reitoria da Universidade de Lisboa.

 

noticia roger chartier destaqueRoger Chartier é historiador e académico na área das ciências sociais, das ciências humanas e das ciências da educação. Professor Emérito do Collège de France, foi Directeur de Recherches na École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris. Deve-se, igualmente, a Roger Chartier o contributo maior no que tem sido designado de “Nova História Cultural”. Nos últimos anos representou a Cátedra do Collège de France na Universidade de Lisboa.

A atribuição do título de Doutor Honoris Causa pela ULisboa é fundamentada com o trabalho desenvolvido por Roger Chartier, que tem “permitido novos desafios no domínio das humanidades, superando as limitações da história das mentalidades; dialogando com a história conceptual; aproximando o social e o cultural; estabelecendo pontes com a História da Educação”.

As Escolas da ULisboa proponentes desta distinção destacam, ainda, que com Roger Chartier a nova história cultural concilia objeto e método e é inseparável da valorização das fontes locais e dos textos, como testemunho, identidade, transformação. Neste sentido, relevam os continuados estudos sobre a publicação, circulação e apropriação da obra Dom Quixote de la Mancha, da autoria de Michel de Cervantes e sobre as peças teatrais de Shakespeare”.

Com obra vasta publicada, onde historicidade e diálogo interdisciplinar são preocupação constante, Roger Chartier conhece, também, de modo aprofundado a cultura e o legado histórico português, quer em Portugal, quer na “América Portuguesa”.

Roger Chartier foi agraciado com vários prémios de ciência, entre os quais o Grand Prix d’Histoire (Prix Gobert) de l’Académie Française pour 1992.

Na cerimónia de atribuição deste título, o discurso de elogio a Roger Chartier será feito pelo Professor Catedrático do Instituto de Educação, e historiador da educação, Justino Magalhães. A sessão contará, também, com momentos musicais pela voz do Coro da Universidade de Lisboa.

No âmbito da atribuição deste título, a Faculdade de Letras e o Instituto de Educação organizam, no dia 11 de dezembro, duas sessões em paralelo com esta distinção: às 10h00, no Anfiteatro III da FLUL, terá lugar o seminário “A força das representações”, por Roger Chartier, e às 14h30, no Auditório 2 do Instituto de Educação irá decorrer a conferência "Les effets de l'écriture sur l'enseignement de la lecture: une approche historique", por Anne-Marie Chartier.

Ainda neste âmbito, o Centro de História da ULisboa irá promover uma mostra sobre a bibliografia activa e passiva existente sobre Roger Chartier na Biblioteca da FLUL, patente ao público a partir do dia 10 de dezembro, na Faculdade de Letras. 

Os Professores que pretendam integrar o cortejo deverão confirmar a sua presença até 6 de dezembro, sendo obrigatório o uso do traje com insígnias. A confirmação deve ser feita através de envio de email para: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar..

Texto: Tiago Artilheiro (FLUL-DRE, Núcleo de Imagem, Comunicação e Relações Externas)