Seminários

 

  

Descrição breve de seminários 2024/2025

 

 

Mestrado

 

 

 

Semestre 1

 

 

Seminário de investigação S1 

(Para obtenção de créditos é obrigatória a frequência do Seminário de Investigação S2)

 

Docente: J. M. Vieira Mendes

Vida de artista

O Seminário visa introduzir os estudantes de mestrado à investigação em Estudos de Teatro e de Performance, refletindo sobre a área de estudos e familiarizando-os com a investigação contemporânea e suas interseccionalidades através da prática da escrita, observação, leitura e pensamento. Para o efeito abordaremos o tópico “vida de artista”, em que analisaremos uma mitologia científica e ficcional, na primeira e terceira pessoas gramaticais, associada à representação da espécie “artista” e aos seus modos de vida. Entre a autonomia diferenciada do ser que habita a “torre de marfim” e a visão contemporânea de quem habita a precariedade, encontraremos, em textos de Bojana Kunst ou Alexandre Melo, documentários (“What do Artists Do All Day”), espetáculos, filmes e literatura, material para reflexões e perguntas. Será pedido às alunas e alunos pequenos textos de diferentes formatos de modo a introduzir a prática da escrita e a familiarizá-las/os com as exigências de um trabalho de Mestrado.

 

The Life of an Artist

The Seminar aims to introduce master's students to research in Theater and Performance Studies, reflecting on the area of ​​study and familiarizing them with contemporary research and its intersectionalities through the practice of writing, observation, reading and thinking. To this end, we will address the topic “the artist’s life”, in which we will analyze a scientific and fictional mythology, in the first and third grammatical persons, associated with the representation of the “artist” species and their ways of life. Between the differentiated autonomy of the person who inhabits the “ivory tower” and the contemporary vision of those who inhabit precarious conditions, we will find, in texts by Bojana Kunst or Alexandre Melo, documentaries (“What do Artists Do All Day”), performances, films and literature, material for reflections and questions. Students will be asked to write short texts in different formats in order to introduce the practice of writing and familiarize them with the demands of a Master's degree project.

 

 

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance I

Docente: Isabel Almeida

Teatro: palavra e tempo

Do teatro quinhentista feito em Portugal, pouco sabemos; dos textos que fixaram uma memória desse teatro ou que para a tradição dramática contribuíram, existem testemunhos, manuscritos e impressos. Explorar este corpus oferece a possibilidade de compreender um processo de transformação indissociável das relações literárias e culturais que, ao longo do século XVI, foram aproximando a península ibérica e a Itália. A partir da leitura de textos de Gil Vicente, Sá de Miranda e Camões, centraremos a atenção num caso singular – o de Jorge Ferreira de Vasconcelos. De modo especial, veremos como Aulegrafia, uma das suas comédias, supera modelos clássicos e típicos enredos para valorizar, como acção, a prática – desafiante, aberta – do diálogo.

 

Theatre: words and time

We know little about 16th century theatre made in Portugal; however, there are texts that establish a memory of this theatre or that have contributed to the dramatic tradition, both in manuscript and in print. Exploring this corpus offers us the opportunity of understanding a transformation that is inseparable from the literary and cultural relations that, throughout the 16th century, connected Iberia and Italy. Starting from texts by Gil Vicente, Sá de Miranda and Camões, we will focus our attention on a particular case – that of Jorge Ferreira de Vasconcelos. We will see how Aulegrafia, one of his comedies, overcomes classic models and typical plots to value, as action, the open and challenging practice of dialogue.

 

 

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance II 

Docente: Sofia Frade 

Performance e Retórica (Poder e Contra-poderes)

Este seminário pretende oferecer aos alunos a possibilidade de explorar problemas da performance contemporâneos numa perspetiva diacrónica e multi-teórica (focando sobretudo a teoria da recepção, o feminismo interseccional e o pós-colonialismo). Partindo da discussão do papel da tragédia no contexto da democracia ateniense do século V a.C., abordaremos a interação entre modelos políticos e dinâmicas sociais e o desenvolvimento da retórica e da performance como formas de construção da polis. Num segundo momento, explorando as teorias da recepção e da performance, discutiremos o papel da democracia/teatro ateniense como 'modelo' político e cultural, problematizando os processos de recepção da antiguidade associados a construções historicamente situadas (mas cientificamente questionáveis) da identidade ocidental. Por fim, explorando a teoria de género e o feminismo interseccional, veremos o papel dos modelos clássicos na sustentação e contestação dos debates mais marcantes da cultura e performance contemporâneas. 

 

Performance and Rhetoric (Power and contra-powers) 

This seminar aims to offer students the possibility of exploring contemporary problems from a diachronic and multi-theoretical perspective (with a focus on reception studies, intersectional feminism and post-colonialism). Starting from the discussion on the role of tragedy in the context of the 5th-century BCE Athenian democracy, we will approach the interaction between political models and social dynamics and the development of rhetoric and performance as forms of construction of the polis. In a second moment, exploring reception and performance theories, we will discuss the role of Athenian democracy/ theatre as a political and cultural 'model', problematising the processes of reception of antiquity associated with historically situated (but scientifically questionable) constructions of Western identity. Finally, exploring gender theory and intersectional feminism, we will see the role of classical models in upholding and challenging the most striking debates in contemporary culture and performances. 

 

 

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance III (12 ECTS)

Docente: Joana Matos Frias

A quinta parede

O conceito de “quinta parede” resulta de uma articulação entre a ideia teatral diderotiana da “quarta parede” e o título português de uma conhecida série televisiva norte-americana de ficção científica produzida nos anos 50 do século XX, a quinta dimensão. Procuraremos assim pensar no teatro fora do teatro, conjugando uma sugestão ainda arquitectónica apontando para possibilidades subjacentes à integração do tecto ou do chão no espaço cénico com a dilatação desse mesmo espaço accionada por outras instâncias, isto é, por lugares artísticos com diferentes condicionamentos dimensionais. Pretende-se problematizar a natureza mais ou menos artificial das fronteiras entre modos discursivos e géneros textuais, de um ponto de vista histórico e teórico, de modo a expor algumas formas de inscrição do drama em textos não-dramáticos, e/ou do teatro na literatura e no cinema, a fim de desenvolver leituras em torno de obras de artistas como Goethe, Oscar Wilde, Machado de Assis, Kafka, Louis Aragon, Mário Cesariny, Herberto Helder, António Franco Alexandre, Maria Velho da Costa ou John Cassavetes.

 

The fifth wall

The concept of “fifth wall” is the result of a meeting between the Diderotian theatrical idea of the fourth wall and the Portuguese title of a well-known American science fiction television series produced in the 1950s, The Twilight Zone(“quinta dimensão”). We will try to discuss theatre-outside-theatre, combining a suggestion that is still architectonic – pointing to possibilities underlying the integration of the ceiling or floor into the scenic space – with the dilation of that same space triggered by other instances, that is, by artistic places with different dimensional constraints. The aim will be to question the more or less artificial nature of the boundaries between discursive modes and textual genres, from a historical and theoretical point of view, in order to highlight some forms of inscription of drama in non-dramatic texts and/or theatre in literature and cinema, leading us through readings of works by artists such as Goethe, Oscar Wilde, Machado de Assis, Kafka, Louis Aragon, Mário Cesariny, Herberto Helder, António Franco Alexandre, Maria Velho da Costa or John Cassavetes.

 

 

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance IV 

Docente: Chiara Nifosi

(Un)Becoming Women

(Seminar held in English)

In his well-known poem “Lesbos”, Charles Baudelaire describes a poetic “I” waiting for the sea to return the corpse “[d]e la mâle Sapho, l’amante et le poète”. These words, which attribute transversal gendered traits to Sappho, condense a century-long male fantasy about the Greek poetess and the same-sex pleasures traditionally associated with her disciples. However, at the beginning of the 20th century, Sapphism reverberates in a striking number of works by female authors. In a rapidly changing publishing landscape, women writers willingly reshape lesbian literature, thus centering Sapphic erotic desire for the elaboration of nonconforming narratives on gender and sexuality. 

Moving from the formation of the Sapphic circles animating Paris during the Belle Époque to the relevance of queer identities for third wave and intersectional feminisms, this course will tackle lesbian literature from three different angles. As a porous aesthetic phenomenon, the genre raises a series of methodological questions concerning ethos, performativity, and reception in literary works. From a linguistic perspective, the progressive multiplication of lesbian identifications participates into larger debates on referentiality and encourages further assessment of the degree to which language actually stands for the object it describes. Through its philosophical component, the course explores the disruptive potential of lesbianism as a threat to what Hélène Cixous defined as “la grande poigne parentale-conjugale-phallogocentrique” (1975) that rules over gender roles, and examines its features as a form of intersubjective construction of identity. The syllabus includes literary works by Renée Vivien, Natalie Barney, Colette, Violette Leduc, and Anne F. Garréta, as well as foundational theoretical excerpts by Simone de Beauvoir, Monique Wittig, Luce Irigaray, and Virginie Despentes. 

 

(Un)Becoming Women

(Seminário lecionado em inglês)

No seu conhecido poema “Lesbos”, Charles Baudelaire descreve um “eu” poético à espera que o mar devolva o cadáver “[d]e la mâle Sapho, l’amante et le poète”. Estas palavras, que atribuem traços transversais de género a Safo, condensam uma fantasia masculina de um século sobre a poetisa grega e os prazeres do mesmo sexo tradicionalmente associados aos seus discípulos. Porém, no início do século XX, o Safismo reverbera num número impressionante de obras de autoras femininas. Num cenário editorial em rápida mudança, as escritoras remodelam voluntariamente a literatura lésbica, centrando assim o desejo erótico sáfico na elaboração de narrativas não conformes sobre género e sexualidade.

Passando da formação dos círculos sáficos que animaram Paris durante a Belle Époque até à relevância das identidades queer para a terceira vaga feminista e os feminismos interseccionais, este curso abordará a literatura lésbica de três ângulos diferentes. Como fenómeno estético poroso, o género levanta uma série de questões metodológicas relativas ao ethos, à performatividade e à recepção nas obras literárias. De uma perspetiva linguística, a multiplicação progressiva de identificações lésbicas ocupa debates mais amplos sobre a referencialidade e encoraja uma avaliação mais aprofundada até que ponto a linguagem representa o objeto que descreve. Através da sua componente filosófica, o curso explora o potencial disruptivo do lesbianismo como uma ameaça ao que Hélène Cixous definiu como “la grande poigne parentale-conjugale-phalogocentrique” (1975) que rege os papéis de género e examina as suas características como uma forma de construção da identidade intersubjetiva. O programa inclui obras literárias de Renée Vivien, Natalie Barney, Colette, Violette Leduc e Anne F. Garréta, bem como trechos teóricos fundamentais de Simone de Beauvoir, Monique Wittig, Luce Irigaray e Virginie Despentes.

 

  

Seminário de Orientação I 

Docente: Catarina Firmo e José Maria Vieira Mendes

Este seminário é um espaço para o planeamento e desenvolvimento inicial da investigação com vista à execução do trabalho final, culminando com uma apresentação escrita do projeto de pesquisa. Partindo das duas possibilidades de trabalhos finais possíveis – dissertação e relatório de projeto – as alunas e alunos serão convidados a trabalhar e questionar as suas propostas, a testar métodos de investigação e a familiarizar-se com bibliografia, trabalho de pesquisa, cronogramas, discussão e formulação de pensamento.  

  

This seminar gives context for the initial planning and development of research, envisioning the elaboration of the final work, culminating in a written presentation of the research project. Departing from the two options of the final work - a 'dissertation' or a 'project' - students will be invited to work on and question their proposals, to test research methods and to familiarise themselves with specialised bibliography, research work, timelines, discussion and formulation of thought.  

 

 

  

Semestre 2

 

 

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance V 

Docente: Gustavo Vicente 

O Eco em Performance: correspondências críticas entre a prática artística e o ambiente

Partindo da leitura de textos situados nas áreas da Ecocrítica e da Estética Ambiental (e.g. Guattari, Bourriaud, Morton), bem como de outros autores de alcance mais interdisciplinar (e.g. Haraway, Latour, Ingold, Viveiros de Castro) ou mesmo mais periféricos aos saberes ditos académicos (e.g. Krenak), começaremos por problematizar a relação, sempre complexa, entre a ecologia e a arte. Em particular, as questões que emergem da tensão assente nos binários Terra/Mundo e Natureza/Cultura. A estas referências juntaremos algumas obras seminais do campo aberto pelo cruzamento entre os Estudos de Teatro e Performance e as Ciências do Ambiente (e.g. Chauduri, Angelaki, Woynarsky), tomando as práticas artísticas como espaços de inquirição sobre a relação do humano com o não-humano à luz das suas correspondências materiais, filosóficas, culturais e/ou políticas. Por fim, com base na análise de alguns trabalhos - de artistas como Baz Kershaw, Vera Mantero, Uriel Orlow, entre outros/as -, abriremos o diálogo para a conversa em torno das possibilidades de actuação do fazer artístico, acrescentando à pergunta sobre “o que pode a arte fazer?” o seu devido ricochete: que novos mundos podem ser imaginados a partir da exploração simbiótica entre performance e ecologia?

  

The Eco in Performance: critical correspondences between artistic practices ecological thought

Based on a reading of texts located in the areas of Ecocriticism and Environmental Aesthetics (e.g., Guattari, Bourriaud, Morton), as well as other authors with a more interdisciplinary scope (e.g., Haraway, Latour, Ingold, Viveiros de Castro) or even more peripheral to so-called academic knowledge (e.g., Krenak), we will begin by problematising the always complex relationship between ecology and art. In particular, the questions that emerge from the tension between the binaries Earth/World and Nature/Culture. To these references, we will add some seminal works from the field opened up by the crossroads between Theatre and Performance Studies and Environmental Sciences (e.g., Chauduri, Angelaki, Woynarsky), taking artistic practices as spaces for inquiry into the relationship between the human and the non-human in the light of their material, philosophical, cultural and/or political correspondences. Finally, based on the analysis of some works - by artists such as Baz Kershaw, Vera Mantero, Uriel Orlow, among others - we will open up the dialogue for a conversation around the possibilities of artistic performance, adding to the question of "what can art do?" its proper ricochet: what new worlds can be imagined from the symbiotic exploration between performance and ecology?

            

  

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance VI 

Docente: Mick Greer 

Shakespeare in Performance: Holding a Mirror up to Nature?

( Seminar held in English)

How has performing Shakespeare changed over the centuries? How have directors, actors and designers approached these texts? To what extent does every generation see Shakespeare mirroring what is happening in its society? One of our major aims will be to see how productions of Shakespeare have sought, down the years, to make him their “contemporary”. Besides considering how particular periods have staged his works, we will hear actors sharing their particular experience of Shakespeare’s language and characters. The seminar will be based on discussion, screenings and readings, as well as

practical tasks. During the seminar, we will study examples from Shakespeare’s histories (e.g. Richard III), tragedies (e.g. Othello), comedies (e.g. Twelfth Night) and the late romances (e.g. The Tempest) and look at both traditional and more innovative productions by various theatre companies. 

 

Shakespeare em Performance: Segurando um Espelho para a Natureza?

(Seminário lecionado em inglês)

Como é que as obras de Shakespeare têm vindo a ser postas em palco ao longo dos séculos? Como é que encenadores, atores e cenógrafos têm abordado estes textos? Até que ponto cada geração vê em Shakespeare um espelho do que está a acontecer na sua sociedade? Um dos nossos principais objetivos será analisar como as produções de Shakespeare têm procurado torná-lo seu “contemporâneo”. Além de considerarmos o modo como períodos específicos encenaram as obras, ouviremos atores que partilham as suas experiências com a linguagem e os personagens de Shakespeare. O seminário será baseado em debates, espetáculos e leituras, bem como atividades práticas. Durante o seminário, estudaremos exemplos das histórias de Shakespeare (por ex. Ricardo III), tragédias (p. ex. Otelo), comédias (p. ex. Noite de Reis) e romances tardios (p. ex. A Tempestade) e analisaremos produções ou mais tradicionais ou mais inovadoras de várias companhias de teatro.

 

 

Seminário de Investigação S2 

(Para obtenção de créditos é obrigatória a frequência do Seminário de Investigação S1)

 

Docente: Diana Damian-Martin

Performance Vibes: cross-border political grammars 

Intensive Seminar. Every day, from 19th-30th of May. 

( Seminar held in English)

This seminar will turn to grammars of the political in and through performance, by means of exploring the conceptual, methodological and artistic resonance of 'vibes'. We will explore articulations of the political in the work of post-Marxists, abolitionist, anarchist and decolonial thinkers, from Hannah Arendt to Ruth Wilson Gilmore, Stuart Hall to Madina Tlostanova, Jasbir K Puar to Ida Danewid, and encounter performances - artistic and otherwise- that shape different solidarities and refusals in the intersecting ecologies of the present moment. 

 

Performance Vibes: cross-border political grammars 

Seminário intensivo. Todos os dias, de 19 a 30 de maio. (Horário a definir)

(Seminário lecionado em inglês)

Este seminário abordará gramáticas do político na e através da performance, explorando a ressonância conceptual, metodológica e artística das 'vibrações'. Exploraremos as articulações do político no trabalho de pensadores pós-marxistas, abolicionistas, anarquistas e decoloniais, de Hannah Arendt a Ruth Wilson Gilmore, de Stuart Hall a Madina Tlostanova, de Jasbir K Puar a Ida Danewid, e encontraremos performances - artísticas e outras - que moldam diferentes solidariedades e recusas nas ecologias que se cruzam na prática da instalação contemporânea.

 

            

Seminário de orientação II 

Docente: José Maria Vieira Mendes e convidadxs

Este seminário proporciona um espaço para a discussão dos trabalhos de investigação e redação em curso, aproveitando as contribuições de quem nele participa. Culminará com uma apresentação pública de cada um dos trabalhos no final do semestre para a qual serão convidados os docentes e estudantes do Programa, investigadores da área e especialistas nos assuntos abordados. O objetivo final do seminário é a produção e apresentação, por parte dos participantes, do projeto da sua dissertação ou relatório de projeto.

 

This seminar will provide a space for discussion of ongoing research and writing work, drawing on the contributions of those participating in it. The seminar will culminate with a public presentation of each of the papers at the end of the semester to which faculty members and students of the Programme, researchers in the field and specialists in the issues addressed will be invited. The final objective of the seminar is the production, by the participants, of a detailed summary of their argument or part of a chapter of their future thesis or projects.

 

 

 

Doutoramento

 

 

 

 

Semestre 1 

 

 

Seminário de Doutoramento S1 

(Para obtenção de créditos é obrigatória a frequência do Seminário de Doutoramento S2)

 

Docente: José Maria Vieira Mendes

Vida de artista

O Seminário visa introduzir os estudantes de doutoramento à investigação em Estudos de Teatro e de Performance, refletindo sobre a área de estudos e familiarizando-os com a investigação contemporânea e suas interseccionalidades através da prática da escrita, observação, leitura e pensamento. Para o efeito abordaremos o tópico “vida de artista” em que analisaremos uma mitologia científica e ficcional, na primeira e terceira pessoas gramaticais, associada à representação da espécie “artista” e aos seus modos de vida. Entre a autonomia diferenciada do ser que habita a “torre de marfim” e a visão contemporânea de quem habita a precariedade, encontraremos, em textos de Bojana Kunst ou Alexandre Melo, documentários (“What do Artists Do All Day”), espetáculos, filmes e literatura, material para reflexões e perguntas. Será pedido às alunas e alunos pequenos textos de diferentes formatos de modo a introduzir a prática da escrita e a familiarizá-las/os com as exigências de um trabalho de Doutoramento.

 

The Life of the Artist

The Seminar aims to introduce PhD students to research in Theater and Performance Studies, reflecting on the area of ​​study and familiarizing them with contemporary research and its intersectionalities through the practice of writing, observation, reading and thinking. To this end, we will address the topic “the artist’s life” in which we will analyze a scientific and fictional mythology, in the first and third grammatical persons, associated with the representation of the “artist” species and their ways of life. Between the differentiated autonomy of the being who inhabits the “ivory tower” and the contemporary vision of those who inhabit precarious conditions, we will find, in texts by Bojana Kunst or Alexandre Melo, documentaries (“What do Artists Do All Day”), performances, films and literature, material for reflections and questions. Students will be asked to write short texts in different formats in order to introduce the practice of writing and familiarize them with the demands of a PhD degree project.

 

 

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance I 

Docente: Joana Matos Frias

A quinta parede

O conceito de “quinta parede” resulta de uma articulação entre a ideia teatral diderotiana da “quarta parede” e o título português de uma conhecida série televisiva norte-americana de ficção científica produzida nos anos 50 do século XX, a quinta dimensão. Procuraremos assim pensar no teatro fora do teatro, conjugando uma sugestão ainda arquitectónica apontando para possibilidades subjacentes à integração do tecto ou do chão no espaço cénico com a dilatação desse mesmo espaço accionada por outras instâncias, isto é, por lugares artísticos com diferentes condicionamentos dimensionais. Pretende-se problematizar a natureza mais ou menos artificial das fronteiras entre modos discursivos e géneros textuais, de um ponto de vista histórico e teórico, de modo a expor algumas formas de inscrição do drama em textos não-dramáticos, e/ou do teatro na literatura e no cinema, a fim de desenvolver leituras em torno de obras de artistas como Goethe, Oscar Wilde, Machado de Assis, Kafka, Louis Aragon, Mário Cesariny, Herberto Helder, António Franco Alexandre, Maria Velho da Costa ou John Cassavetes.

  

The fifth wall

The concept of “fifth wall” is the result of a meeting between the Diderotian theatrical idea of the fourth wall and the Portuguese title of a well-known American science fiction television series produced in the 1950s, The Twilight Zone(“quinta dimensão”). We will try to discuss theatre-outside-theatre, combining a suggestion that is still architectonic – pointing to possibilities underlying the integration of the ceiling or floor into the scenic space – with the dilation of that same space triggered by other instances, that is, by artistic places with different dimensional constraints. The aim will be to question the more or less artificial nature of the boundaries between discursive modes and textual genres, from a historical and theoretical point of view, in order to highlight some forms of inscription of drama in non-dramatic texts and/or theatre in literature and cinema, leading us through readings of works by artists such as Goethe, Oscar Wilde, Machado de Assis, Kafka, Louis Aragon, Mário Cesariny, Herberto Helder, António Franco Alexandre, Maria Velho da Costa or John Cassavetes.

 

  

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance II

Docente: Chiara Nifosi

(Un)Becoming Women

In his well-known poem “Lesbos”, Charles Baudelaire describes a poetic “I” waiting for the sea to return the corpse “[d]e la mâle Sapho, l’amante et le poète”. These words, which attribute transversal gendered traits to Sappho, condense a century-long male fantasy about the Greek poetess and the same-sex pleasures traditionally associated with her disciples. However, at the beginning of the 20th century, Sapphism reverberates in a striking number of works by female authors. In a rapidly changing publishing landscape, women writers willingly reshape lesbian literature, thus centering Sapphic erotic desire for the elaboration of nonconforming narratives on gender and sexuality. 

Moving from the formation of the Sapphic circles animating Paris during the Belle Époque to the relevance of queer identities for third wave and intersectional feminisms, this course will tackle lesbian literature from three different angles. As a porous aesthetic phenomenon, the genre raises a series of methodological questions concerning ethos, performativity, and reception in literary works. From a linguistic perspective, the progressive multiplication of lesbian identifications participates into larger debates on referentiality and encourages further assessment of the degree to which language actually stands for the object it describes. Through its philosophical component, the course explores the disruptive potential of lesbianism as a threat to what Hélène Cixous defined as “la grande poigne parentale-conjugale-phallogocentrique” (1975) that rules over gender roles, and examines its features as a form of intersubjective construction of identity. The syllabus includes literary works by Renée Vivien, Natalie Barney, Colette, Violette Leduc, and Anne F. Garréta, as well as foundational theoretical excerpts by Simone de Beauvoir, Monique Wittig, Luce Irigaray, and Virginie Despentes. 

 

 

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance III 

Docente: Isabel Almeida

Teatro: palavra e tempo

Do teatro quinhentista feito em Portugal, pouco sabemos; dos textos que fixaram uma memória desse teatro ou que para a tradição dramática contribuíram, existem testemunhos, manuscritos e impressos. Explorar este corpus oferece a possibilidade de compreender um processo de transformação indissociável das relações literárias e culturais que, ao longo do século XVI, foram aproximando a península ibérica e a Itália. A partir da leitura de textos de Gil Vicente, Sá de Miranda e Camões, centraremos a atenção num caso singular – o de Jorge Ferreira de Vasconcelos. De modo especial, veremos como Aulegrafia, uma das suas comédias, supera modelos clássicos e típicos enredos para valorizar, como acção, a prática – desafiante, aberta – do diálogo.

 

Theatre: words and time

We know little about 16th century theatre made in Portugal; however, there are texts that establish a memory of this theatre or that have contributed to the dramatic tradition, both in manuscript and in print. Exploring this corpus offers us the opportunity of understanding a transformation that is inseparable from the literary and cultural relations that, throughout the 16th century, connected Iberia and Italy. Starting from texts by Gil Vicente, Sá de Miranda and Camões, we will focus our attention on a particular case – that of Jorge Ferreira de Vasconcelos. We will see how Aulegrafia, one of his comedies, overcomes classic models and typical plots to value, as action, the open and challenging practice of dialogue.

 

 

Seminário de Orientação I 

Docentes: Catarina Firmo e José Maria Vieira Mendes

Este seminário será organizado a partir da discussão de exposições orais dos participantes. As exposições ocupar-se-ão, de uma forma preliminar, dos assuntos que os participantes se proponham desenvolver nas suas dissertações e visarão o aprofundamento, alteração e problematização dos tópicos e questões expostos. O objectivo final do seminário é a produção, por parte dos participantes, de um resumo das suas futuras dissertações ou trabalhos finais.

 

This seminar will be organised based on the discussion of oral presentations by the participants. The presentations will deal, in a preliminary way, with the subjects that the participants intend to develop in their dissertations and will aim at deepening, changing and problematizing the topics and issues presented. The final objective of the seminar is the production by the participants of a summary of their future dissertations or final papers.

 

 

 

Semestre 2

 

 

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance I 

Docente: Pedro Lapa

 

A Imagem Projetada

O seminário é dedicado à imagem projetada. Tem como objetivo compreender o filme como arte e as suas implicações na emergência do sistema da arte em geral. Os tópicos principais do programa versam: as primeiras experiências de Warhol; o cinema expandido; os filmes Fluxus; a interrogação do medium pelo filme estrutural; as relações entre observador, técnica e objeto com o filme pós-minimalista; a emergência do vídeo como circuito fechado e interrogação da presença; as vídeo-instalações na transição do milénio e a reorganização da narrativa, trauma, documentário e arquivo, bem como o lugar da imagem projetada no contexto agregativo da prática atual da instalação. 

  

Projected Image

The seminar is dedicated to the projected image. It aims to understand film as art and its implications for the emergence of the art system in general. The main topics of the program are Warhol's early experiments; expanded cinema; Fluxus films; the interrogation of the medium by structural film; the relationship between observer, technique, and object with post-minimalist film; the emergence of video as a closed circuit and interrogation of presence; video installations at the turn of the millennium and the reorganization of narrative, trauma, documentary and archive, as well as the place of the projected image in the aggregative context of current installation practice.

 

 

Tópicos em Estudos de Teatro e de Performance II 

Docente: Gustavo Vicente

O Eco em Performance: correspondências críticas entre a prática artística e o pensamento ecológico

Partindo da leitura de textos situados nas áreas da Ecocrítica e da Estética Ambiental (e.g. Guattari, Bourriaud, Morton), bem como de outros autores de alcance mais interdisciplinar (e.g. Haraway, Latour, Ingold, Viveiros de Castro) ou mesmo mais periféricos aos saberes ditos académicos (e.g. Krenak), começaremos por problematizar a relação, sempre complexa, entre a ecologia e a arte. Em particular, as questões que emergem da tensão assente nos binários Terra/Mundo e Natureza/Cultura. A estas referências juntaremos algumas obras seminais do campo aberto pelo cruzamento entre os Estudos de Teatro e Performance e as Ciências do Ambiente (e.g. Chauduri, Angelaki, Woynarsky), tomando as práticas artísticas como espaços de inquirição sobre a relação do humano com o não-humano à luz das suas correspondências materiais, filosóficas, culturais e/ou políticas. Por fim, com base na análise de alguns trabalhos - de artistas como Baz Kershaw, Vera Mantero, Uriel Orlow, entre outros/as -, abriremos o diálogo para a conversa em torno das possibilidades de actuação do fazer artístico, acrescentando à pergunta sobre “o que pode a arte fazer?” o seu devido ricochete: que novos mundos podem ser imaginados a partir da exploração simbiótica entre performance e ecologia?

 

The Eco in Performance: critical correspondences between artistic practices ecological thought

Based on a reading of texts located in the areas of Ecocriticism and Environmental Aesthetics (e.g., Guattari, Bourriaud, Morton), as well as other authors with a more interdisciplinary scope (e.g., Haraway, Latour, Ingold, Viveiros de Castro) or even more peripheral to so-called academic knowledge (e.g., Krenak), we will begin by problematising the always complex relationship between ecology and art. In particular, the questions that emerge from the tension between the binaries Earth/World and Nature/Culture. To these references, we will add some seminal works from the field opened up by the crossroads between Theatre and Performance Studies and Environmental Sciences (e.g., Chauduri, Angelaki, Woynarsky), taking artistic practices as spaces for inquiry into the relationship between the human and the non-human in the light of their material, philosophical, cultural and/or political correspondences. Finally, based on the analysis of some works - by artists such as Baz Kershaw, Vera Mantero, Uriel Orlow, among others - we will open up the dialogue for a conversation around the possibilities of artistic performance, adding to the question of "what can art do?" its proper ricochet: what new worlds can be imagined from the symbiotic exploration between performance and ecology?

            

 

Seminário de doutoramento S2

(Para obtenção de créditos é obrigatória a frequência do Seminário de Doutoramento S1)

 

Docente: Diana Damian-Martin

Performance Vibes: cross-border political grammars 

Intensive Seminar. Every day, from 19th-30th of May. 

(Seminar held in English)

This seminar will turn to grammars of the political in and through performance, by means of exploring the conceptual, methodological and artistic resonance of 'vibes'. We will explore articulations of the political in the work of post-Marxists, abolitionist, anarchist and decolonial thinkers, from Hannah Arendt to Ruth Wilson Gilmore, Stuart Hall to Madina Tlostanova, Jasbir K Puar to Ida Danewid, and encounter performances - artistic and otherwise- that shape different solidarities and refusals in the intersecting ecologies of the present moment. 

 

Performance Vibes: cross-border political grammars 

Seminário intensivo. Todos os dias de 19-30 de maio (horário a definir).

(Seminário lecionado em inglês)

Este seminário abordará gramáticas do político na e através da performance, explorando a ressonância conceptual, metodológica e artística das 'vibrações'. Exploraremos as articulações do político no trabalho de pensadores pós-marxistas, abolicionistas, anarquistas e decoloniais, de Hannah Arendt a Ruth Wilson Gilmore, de Stuart Hall a Madina Tlostanova, de Jasbir K Puar a Ida Danewid, e encontraremos performances - artísticas e outras - que moldam diferentes solidariedades e recusas nas ecologias que se cruzam na prática da instalação contemporânea.

 

 

Seminário de orientação II 

Docente: J.M. Vieira Mendes e convidadxs

Este seminário proporciona um espaço para a discussão dos trabalhos de investigação e redação em curso, aproveitando as contribuições de quem nele participa. Culminará com uma apresentação pública de cada um dos trabalhos no final do semestre para a qual serão convidados os docentes e estudantes do Programa, investigadores da área e especialistas nos assuntos abordados. O objetivo final do seminário é a produção e apresentação, por parte dos participantes, do projeto da sua tese.

 

This seminar will provide a space for discussion of ongoing research and writing work, drawing on the contributions of those participating in it. The seminar will culminate with a public presentation of each of the papers at the end of the semester to which faculty members and students of the Programme, researchers in the field and specialists in the issues addressed will be invited. The final objective of the seminar is the production, by the participants, of a detailed summary of their argument of their future thesis.